10 cidades da Irlanda para fazer intercâmbio

Quando se pensa em cidades da Irlanda e os cidadãos locais, automaticamente remete-se a um povo agitado e cervejeiro, onde duendes, potes de ouro e a fantástica cultura celta permanecem vivos em cada um dos nativos do país.

Além de um estereótipo positivo sobre o país, muitos são os jovens e adultos que sonham em imergir nessa cultura através de um intercâmbio – seja ele de poucas semanas ou anos de estudo e aprendizado. Mas para isso, precisam conhecer a fundo as  que melhor se adequam ao seu perfil.

Cidades da Irlanda para estudar

Você já tem o investimento, a vontade de aprender e a curiosidade de conhecer uma cultura completamente diferente; agora só falta saber pra onde ir. Para isso, listamos dez cidades da Irlanda para conhecer e planejar o seu intercâmbio – sem decepções e com o melhor aproveitamento possível.

1. Dublin

Biblioteca da Universidade de Dublin

Encabeçando essa seleção, Dublin, a capital irlandesa, firma-se como o destino predileto entre os intercambistas como a maior e melhor cidade do país. Será isso tudo?

De custo elevado, por ser uma capital, Dublin faz valer cada centavo de euro no país. Sua vida noturna regada por uma imensidão de pubs e festas folclóricas típicas não desviam a atenção daqueles que têm como foco estudar, uma vez que Dublin também concentra uma das maiores e mais antigas universidades do mundo: o Trinity College.

Para descontrair, intercambistas podem visitar o Castelo de Dublin, a icônica Catedral de São Patrício e o Parque Phoenix. Finalizando o passeio turístico, nada melhor que degustar uma típica cerveja Guinness direto da fonte e aproveitar os muitos concertos e festivais da cidade.

Lembrando que, para se tornar fluente na língua inglesa, Dublin pode não ser muito recomendada, devido à grande concentração de brasileiros e latinos na localidade – o que pode tornar a imersão no idioma um tanto quanto difícil.

2. Limerick

Limerick

Considerada a cidade mais jovem da Irlanda, Limerick computa que metade de sua população esteja abaixo dos trinta anos. Por trás dos pubs, restaurantes, tradição esportiva com modalidades como rugby e o futebol gaélico, a cidade, tomada pelos vikings no século IX, surpreende as novas gerações com o passado medieval praticamente intacto através das edificações, ruas e folclore muito presente.

Assim como Dublin, Limerick está entre as cidades da Irlanda mais disputadas pelos que estão em busca de um intercâmbio no país. Mas ainda que a concentração de brasileiros pode atrasar sua imersão no idioma, a cidade já foi eleita como Destino da Cultura, no ano de 2014. Por isso, caso não retorne fluente, certamente levará de volta na bagagem muita história, conhecimento e experiências únicas.

Se esse for o seu destino, não deixe de explorar a King’s Island, uma área história preservada ao centro da cidade e que comporta construções como a Catedral de Santa Maria, e ainda locais como o museu de artes e antiguidades The Hunt Museum e o Castelo de São João.

3. Galway

Galway

Ainda entre as prediletas cidades da Irlanda por turistas e intercambistas, Galway se destaca no quesito boemia. Litorânea, universitária e com muita agitação a beira-mar, quem quer estudar, mas não abre mão da badalação pode ter em Galway o destino ideal.

Com menor concentração de brasileiros e um custo de vida mais baixo, quando comparado a Dublin, Galway possui pouco mais de 72 mil habitantes e inúmeros festivais de verão. Porém, como a Irlanda é um país predominantemente chuvoso, não podemos nos limitar às praias, mas conferir as demais opções que a cidade oferece em cultura e entretenimento. Considerada o coração cultural da Irlanda, Galway reúne multidões para seus inúmeros festivais como o Galways Arts Festival.

No quesito paisagens naturais, a cidade de arquitetura medieval não deixa a desejar, uma vez que tem em seu solo uma das finalistas das sete maravilhas do mundo natural, os Cliffs of Moher. O aquário nacional do país – a Atlantiquaria – também se encontra em Galway, e conta com mais de 170 espécies marinhas de água doce.

Sobre a arquitetura, não deixe de visitar pontos como o Museu da Cidade de Galway, contando com artefatos históricos desde os tempos das cavernas; e a Abadia de Kylemore, um castelo idílico construído em 1867 a beira de um lado.

Para quem busca cursar especializações ou ensino superior, Galway conta pontos a favor. Afinal, a cidade é conhecida pelas oportunidades voltadas à estudantes de tecnologia, artes, ciências e certamente àqueles interessados em aperfeiçoar o idioma.

4. Cork

Cork

Finalizando um top 4 das cidades mais “abarrotadas” por brasileiros na Irlanda, Cork firma-se como a segundo maior cidade do país, sendo famosa inclusive por abrigar sedes de grandes empresas de tecnologia, como a Apple.

Cheia de rebeldia e modernidade, Cork é uma cidade de história turbulenta, enumerando diversos líderes revolucionários em seu território. Autêntica e de vida noturna tentadora para os apreciadores de cerveja e destilados, Cork com certeza te proporcionará momentos felizes. Para começar, dê um pulo no The Bodega, um dos mais tradicionais pubs de Cork e que, desde 1843, serve as melhores cervejas do país.

Saindo da boemia, podemos traçar as visitas culturais e históricas através da Destilaria Jameson, com legítimo whisky irlandês; da Cork City Gaol, uma antiga prisão do século XIX; e dos mais de 10 museus de Cork, inclusive o curioso Museu da Manteiga. Aproveite para curtir também os festivais que a cidade oferece, como o Cork International Folk Festival, o Midsummer, o International Short Story Festival, e outros.

Mas não pense que o seu intercâmbio vai ser só festa, pois além de grandes universidades, aqueles que chegam ao país para fazer cursos de inglês também se deparam com excelentes escolas de idiomas, como a Cork English Academy ou Cork English College.

5. Bray

Bray

Se você quer um maior isolamento de turistas, e contato com paisagens deslumbrantes a apenas 20km da capital, certamente está falando da cidade costeira de Bray. O sossego e o charme da cidade não vem gratuitamente, já que nela costumava-se funcionar um luxuoso resort durante os tempos vitorianos.

Entretanto, ainda que se pareça com uma pitoresca e elegante cidade interiorana, Bray está rodeada por agitação, celebridades e coisas para fazer entre os condados que a cercam. Entre eles está a área de Dalkey, onde vivem nomes como Bono Vox e Enya, além de comportar o único estúdio de filmagem dedicado exclusivamente ao cinema de toda a Irlanda: o Ardmore Studios.

Com o título de cidade mais limpa de todo o país em 2009, amantes do mar não se sentirão desamparados em um intercâmbio em Bray, onde há inclusive a renomada Bray Head permitindo aos locais realizarem caminhadas até o topo de uma montanha, para então admirar a esplendorosa costa irlandesa. A vida noturna também não deixa a desejar, já que bares e restaurantes cumprem seus papeis em meio a festivais o ano todo – como o Bray Jazz Festival, por exemplo.

No quesito estudo, Bray é uma das cidades aos arredores da capital que mais oferecem opções em ensino de qualidade, computando mais de 18 instituições de renome – seja por quem quer aprender inglês ou cursar o ensino superior.

6. Waterford

Waterford, cidade na Irlanda

Fundada pelos Vikings em 914, Waterford é a cidade mais antiga do país e, mesmo com seus poucos mais de 46 mil habitantes, ela continua entre as cidades da Irlanda mais escolhidas por intercambistas em busca de imersão no idioma – uma vez que não se encontram muitos brasileiros no local – e experiências inesquecíveis.

Ao escolher entre Dublin, Cork ou outras opções mais bem estruturadas, por assim dizer, muitos ficam em dúvida ou mesmo receio de arriscar uma cidade tão pequena para aprender inglês ou fazer algum outro curso. No entanto, quem ultrapassa esse preconceito se surpreende, deparando-se com uma cidade fenomenal no quesito infraestrutura, custo de vida baixo e inúmeras opções em pubs, bares, festivais e restaurantes para tornar a noite mais agitada.

Além dos intercâmbios de idiomas, através do programa Ciência Sem Fronteiras foram levados até lá, mais de 290 intercambistas brasileiros a fim de obterem formação no Instituto de Tecnologia de Waterford (WIT). Basicamente, a cidade é um espaço universitário, e por isso oferece muita acessibilidade à estudantes em diversos setores.

Quando falamos em entretenimento, não deixe de visitar o Medieval Museum, o também museu Bishop’s Palace e a fábrica de cristais House of Waterford Crystal. O condado tem ainda duas praias interessantes, uma situada a 10km e outra a 16km da cidade de Waterford, sendo elas Tramore e Dunmore, respectivamente.

7. Kilkenny

Kilkenny, cidade na Irlanda

Se já simpatizou com o estilo antigo e medieval que Waterford tem em sua essência, vai se apaixonar por Kilkenny, uma cidade totalmente estruturada ao redor da Idade Média, e que levou o título de capital medieval do país até meados do século dezoito.

Atualmente com pouco mais de 22 mil habitantes, Kilkenny reúne uma gastronomia única, levada por famílias de diversas nacionalidades e que perduram por quase 100 anos no local. Repleta de pubs, bares, restaurantes, lojas de artesanato e diversos eventos, essa aura medieval se estende também ao maior evento da cidade: o Ireland Medieval Week.

Nessa semana cultural, são oferecidas atividades relacionadas a cultura e história medieval, o que inclui workshops, música, comidas típicas e muita história. No embalo, aproveite também para conhecer o Kilkenny Castle, um castelo construído em 840 pela família Butler e vendido por apenas 50 libras quando os proprietários já não conseguiam mais arcar com as despesas da imponente construção. Em seu interior, pode-se conhecer também uma galeria de arte aberta à visitação, a Butler Gallery.

Quanto aos intercambistas, a cidade oferece boas oportunidades em ensino superior e cursos de inglês, como é o caso da popular escola Academic Bridge School.

8. Ennis

Ennis

Situada no condado de Clare, Ennis é uma cidade que atualmente está com pouco mais de 24 mil habitantes e conta muito quando o assunto é a história da Irlanda. Com isso em mente, não se surpreende que Ennis seja ainda um local pitoresco e histórico, onde eventos acontecem praticamente todas as semanas com a finalidade de divulgar a cultura local e aquilo que tornou a cidade o que ela é hoje.

Além de escolas de idiomas renomadas próximas como o Clare Language Centre, os intercambistas que escolhem Ennis como destino possuem uma infinidade de atividades para se sentir ainda mais parte desse local. Entre elas está o passeio por Clare Abbey, a primeira e maior casa agostiniana, fundada em 1189; o Clare Museum, repleto de obras e história do condado; e também a Catedral de São Pedro e São Paulo, construída entre 1828 e 1842.

Mais opções do que se pode comer, fazer, ficar ou comprar em Ennis estão detalhadamente listadas no site oficial da cidade Visit Ennis.

9. Sligo

Sligo

A pouco difundida Sligo entre as cidades da Irlanda certamente mostra muito mais do que se possa imaginar. A primeira vista, a cidade nos ganha pelas paisagens de tirar o fôlego – destaque em muitos filmes famosos. A formação rochosa de Benbulbin e Knocknarea, um monte à oeste da cidade, são alguns exemplos.

Além das belezas naturais indiscutíveis do local, Sligo também comporta arte. Na cidade, podemos desfrutar do The Model Arts Centre, um espaço cultural composto pode cinema, galeria de arte, livraria, um espaço dedicado a performances e também um estúdio de arte no piso superior.

Por isso, se quer fugir da agitação das grandes cidades, mas ainda assim não quer perder o pique de uma vida noturna diversificada nem de atividades ao ar livre, Sligo é o equilíbrio perfeito. E o melhor: com custo de vida muito mais baixo. Para a prática de esportes, o incentivo é total, e Sligo é uma cidade costeira, então a praia será uma constante.

Assim como em Bray, Sligo abriga algumas celebridades irlandesas, como os integrantes da ex-boyband Westlife, número um no Reino Unido na década de 90. E para estudar, Sligo oferece opções de high school, cursos de idiomas e ensino superior, como é o caso do Instituto de Tecnologia de Sligo.

10. Killarney

Killarney

Por fim, mas não menos importante, Killarney fecha a lista com 10 cidades da Irlanda para fazer intercâmbio. Com pouco mais de 14 mil habitantes, a pequena cidade é ideal para quem deseja imergir na cultura e ter aproveitamento máximo do idioma durante a estadia no país.

Considerada a mais conservada de toda a Irlanda, Killarney se destaca pela imensa quantidade de opções em atividades ao ar livre e que prezam pelo bem-estar do visitante ou morador local. Entre elas, temos opções em escalada, cachoeiras, canoagem, pesca, trilhas, e tantas outras. Para aproveitar o dia, diversos spas também estão à disposição de quem está ali para relaxar. E não finalize o passeio sem antes tirar uma selfie no Ross Castle ou Muckross Abbey.

Para saber tudo e mais um pouco do que Killarney tem a oferecer, acesse ao site oficial da cidade e confira todas as atrações e estabelecimentos.

Gostou desse post? Compartilhe e acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube

Veja também:

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30"]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/[/su_service]h6>

Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos