Morar em Singapura está nos seus planos? Veja como estudar e trabalhar

Antigamente pertencente à Malásia, Singapura despontou nos últimos anos como uma economia estabilizada, com muita tecnologia e diversidade cultural.

Muito procurado por brasileiros, o país ocupa a quarta posição no ranking de melhores destinos do mundo para viver como expatriado e está em primeiro lugar em qualidade de vida. Ali é possível aprender inglês, mandarim e diversos outros idiomas além de aproveitar as boas universidades para se especializar em diversas profissões.

Veja a seguir o que é preciso para morar em Singapura.

Como morar em Singapura

Não há necessidade de visto para brasileiros que vão a turismo para Singapura por até 30 dias. Mas, ainda assim, é preciso preencher os seguintes requisitos:

Caso a estadia ultrapasse um mês, é necessário solicitar uma extensão da visita ou uma autorização de estudo ou residência.

Para conseguir uma permissão de residência permanente na Singapura o estrangeiro precisa ser cônjuge/ filho/ pai de um cidadão singapuriano, entrar como investidor ou estar trabalhando para uma empresa instalada no país. A taxa para esse visto custa S$130 dólares singapurianos (considerando a permissão de entrada mais a taxa para retirada do visto) e a taxa de reentrada no país é de S$10 por ano.

Com dois anos como residente permanente o imigrante já pode solicitar a cidadania singapuriana. Para isso ele precisará comprovar uma série de documentos e passará por entrevista junto ao serviço de imigração.

Trabalhar em Singapura

Quem consegue uma oportunidade de trabalho em Singapura e tem mais de 21 anos pode solicitar o visto de residência permanente.

As autoridades dividem os trabalhadores estrangeiros com essa permissão em três classes diferentes: quem ganha um salário base de S$2.500 ou menos; quem ganha mais de S$2 mil e menos de S$3 mil e os que ganham acima de S$3 mil. Os funcionários com a faixa mais baixa de salário têm o Work Permit (Permissão de Trabalho). O S Pass é concedido para nível médio de qualificação. Já o Employment Pass é destinado a profissionais altamente qualificados.

Entre os documentos requisitados estão:

  • Passaporte válido
  • Cartão de identidade
  • Passe de trabalho (Employment Pass ou S Pass)
  • Certificados e diplomas universitários
  • Certidão de casamento (caso tenha cônjuge)
  • Certidão de nascimento
  • Referências de antigos empregadores com a duração do último trabalho e último salário

Há ainda o Miscsellaneous Work Pass, para profissionais com tarefas específicas no país – como congressos, palestras, jornalistas e trabalhadores religiosos. Por se tratar de uma atividade específica e temporária, essa permissão é válida por até 60 dias.

Estudar em Singapura

Junto com a Noruega e Finlândia, a cidade-Estado de Singapura tem um dos melhores sistemas de educação do mundo e esse fator tem atraído muitos brasileiros para lá.

Para conseguir o visto de estudante o aluno deverá dar entrada no Student Pass – essa permissão é necessária caso o curso ultrapasse os 30 dias permitidos para visitantes. Os requisitos para conseguir a autorização variam de acordo com o tipo de instituição de ensino do país: se é uma escola privada, universidade pública, escola de idiomas, etc.

Caso a instituição de interesse seja uma universidade ou instituto politécnico (IHL), por exemplo, o estrangeiro deve dar entrada no processo de visto pelo menos dois meses antes de começarem as aulas.

Para isso, a universidade precisará primeiro registrar o aluno no sistema chamado SOLAR (Student’s Pass On-Line Application and Registration) para informar seus dados e obter um número de registro (SOLAR Reference Number).

Com esse número em mãos, o requerente deve preencher o eForm 16 para pedido de visto. Ele deverá informar dados como número de passaporte, endereço de moradia na Singapura e contatos, endereço de e-mail, foto recente de passaporte para ser anexada no formulário.

Depois desse processo, o estrangeiro deve ter uma cópia impressa do formulário preenchido. O custo para emissão do Student’s Pass nesse caso é de S$30 para taxa de processamento e S$60 para a emissão do documento.

Para outros tipos de instituições, como organizações privadas (PEO), uma entrevista poderá ser marcada pela embaixada.

Custo de vida

O custo de vida na Singapura é 112,72% mais caro que no Brasil, de acordo com dados do site Numbeo. O fator que mais encarece a moradia ali é o aluguel, que é 5 vezes mais caro que nas cidades brasileiras. Um apartamento com um dormitório no centro da cidade, por exemplo, chega a custar 4 mil dólares de Singapura (S$). As contas domésticas são avaliadas em S$169,52 mensais em média e o transporte custa S$90 por mês.

O salário mínimo na Singapura varia conforme a atividade do profissional, tendo um valor médio de S$3.500 mensais.

Vale a pena?

Singapura é um dos destinos orientais mais próximos do ocidente e também um dos lugares mais organizados para se viver, além de ter um processo de imigração mais simples que outros países asiáticos.

Quem quer fugir do frio pode se dar bem por lá: o clima equatorial mantém uma média de 35ºC na região durante quase o ano inteiro, com alguns períodos mais chuvosos e úmidos, o que pode criar o ambiente perfeito para quem sai de um país tropical.

A localização também é ponto chave para quem gosta de viajar: Singapura está a poucas horas de destinos incríveis como China, Malásia, Índia, Filipinas, Austrália e Indonésia.

Curiosidades

Singapura fazia parte da Malásia até 1965, quando conseguiu sua independência. A grande quantidade de imigrantes de diversos países, como Malásia, Índia, Indonésia e China, faz com que a língua oficial, o inglês, tenha sotaques e expressões diferentes.

Tanta cultura junta faz com que o país receba um grande número de festivais e eventos interessantes durante o ano inteiro, como o Ano Novo Chinês, Chingay Parade, Festlval de Artes, Festival de Comida, Great Singapore Sale, Hungry Ghost Festival, entre outros.

Devido ao costume asiático, em Singapura as pessoas não usam sapatos dentro de casa.

Veja também:

Facebook  Nosso grupo  Twitter   Youtube

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30"]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/[/su_service]h6>
Envie dinheiro para o exterior com a melhor taxa de câmbio!
Abra uma conta grátis na TransferWise

Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos