Castelos e palácios de Sintra: a Quinta da Regaleira

Continuando a temática sobre os castelos e palácios portugueses, uma das regiões que vocês não podem perder de jeito nenhum é Sintra.

Como o tempo era curto, eu a minha amiga (duas loucas!) decidimos fazer quatro castelos (palácios) em apenas um dia. E, para ser muito sincera, é muito melhor estender a estadia por uns dias e fazer tudo com calma.

No final da nossa “expedição”, não tínhamos mais pernas, pois os castelos e palácios eram construídos no “topo da montanha”. Então, meus queridos, preparem-se para subir, subir, subir (ou rampas ou escadas). A boa notícia é que na hora de ir embora é só descida (as nossas pernas agradeceram só um pouquinho porque elas não podiam dar mais nenhum passo).

Como a visitação é muito intensa, ou seja, muitos turistas, foi difícil arrumar vaga para estacionar o carro alugado (sim, saímos de Vila Real, descemos até Lisboa e depois subimos para o Norte novamente). Então, vocês têm algumas opções: ou pegar um ônibus de acesso limitado, pois não deixa na porta, deixar o carro longe e ir na caminhada até a entrada da bilheteria (como nós fizemos), alugar um carrinho para duas pessoas (tipo moto e é fácil de encontrar vaga pois é bem compacto) ou ainda pegar um tuk tuk. Façam reserva com antecedência, pois o fluxo de visitantes é para lá de intenso.

Portugal é tão incrível que tudo o que eu já visitei por aqui tem a classificação da UNESCO como patrimônio. Em 1992, Sintra foi classificada como Patrimônio Mundial e em 1995 como Paisagem Cultural. Por isso, estejam certos que vale cada passo para o topo da montanha: é in-des-cri-tí-vel!

Por hoje, vou falar somente sobre a Quinta da Regaleira.

As belezas da Quinta da Regaleira

A impressionante Quinta da Regaleira

Até chegar no palácio – “pernas para que te quero” – tem muita coisa para ser descoberta como grutas, lagos, jardins imensos e construções enigmáticas. O mais legal são as passagens subterrâneas que dão acesso a vários pontos da Quinta, como Portal dos Guardiões, Gruta do Oriente, Poço Iniciático e Lago da Cascata, entre outros.

O Poço Iniciático chama a atenção de visitantes do mundo inteiro. Ele é uma “torre invertida” com vinte e sete metros de profundidade (sim, para o subsolo!) através de uma escadaria em espiral. Estudiosos dizem que membros da maçonaria se encontravam ali para iniciar um novo membro.

No fundo da torre (ou poço) há um octograma sobre uma cruz Templária em mármore (símbolos usados na maçonaria). Outro significado é a ligação astral entre céu e terra. Cuidado com a escada, os degraus ficam molhados e escorregadios por causa da umidade!

Vista de cima e de baixo do Poço Iniciático

Do Poço Iniciático andamos por uma passagem escura (algumas partes mais escuras têm pontos com luz de led para orientar o turista) e saímos no Lago da Cascata … que visão surreal!

Vista do Lago da Cascata

Mais detalhes dos edifícios da Quinta da Regaleira

A Quinta da Regaleira é um dos mais extraordinários monumentos situados na Serra de Sintra, construído no período monárquico entre 1904 e 1910. A construção principal é o palácio que também é conhecido por Palácio do Monteiro dos Milhões, pois Antonio Augusto Carvalho Monteiro (brasileiro, carioca e descendente de portugueses) foi o antigo proprietário que transformou os quatro hectares de terreno em um lugar que escondem significados alquímicos que envolvem os Templários, Rosa-cruz e a Maçonaria.

Durante a visitação é possível ver as iniciais CM espalhadas pela Quinta. Toda a sua construção arquitetônica e a arte, que inclui o palácio e a capela, narram um mix dos períodos neo-manuelino, gótico, românico e renascentista. Até a capela tem passagem secreta e nota-se os símbolos mencionados anteriormente.

Mai detalhes dos edifícios da Quinta da Regaleira

Uma das salas que me chamou a atenção no palácio foi a Sala dos Reis. Nela, quatro rainhas, vinte reis da monarquia portuguesa e os escudos das cidades de Braga, Coimbra, Porto e Lisboa estão representados através de pinturas. A visitação conecta o passado e o presente, a arte e a arquitetura, o natural e o espiritual, o mistério e a curiosidade, o ser e o estar.

Mais detalhes dos edifícios da Quinta da Regaleira

A Quinta da Regaleira está a 30 km de distância de Lisboa. É possível encontrar todas as informações sobre visitação, horários e contatos no próprio site. Eles tem uma programação cultural bem interessante como recitais e concertos, uma cafeteria/restaurante para uma pausa para o café ou refeição e muita simpatia no atendimento ao público.

No próximo post contarei sobre o Palácio Monserrate… Até lá!

*Algumas informações foram retiradas dos sites: Câmara Municipal de Sintra, Sintra Romântica, Quinta da Regaleira e Ordem Maçónica Internacional do Rito Antigo e Primitivo de Memphis-Misraïm.

Este conteúdo é de total responsabilidade do autor da coluna Roberta OrtolanSiga também blog da Roberta.

Acompanhe mais dicas no FacebookInstagram e YouTube

Veja também:

Receba e envie dinheiro de Portugal sem conta bancária!
Abra uma conta grátis na TransferWise agora mesmo

Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos