Santa Cruz de la Sierra: os principais pontos turísticos e o trem da morte

Apesar de não ser capital da Bolívia, Santa Cruz de La Sierra a segunda mais importante cidade do país já é a maior e mais populosa também, além de oferecer as mais altas temperaturas do país. Veja o que você pode fazer por lá durante sua passagem pelo país.

Principais pontos turísticos Santa Cruz de la Sierra

Samaipata

O mais famoso e procurado ponto turístico da região é Samaipata, uma cidade localizada a 120km de Santa Cruz de la Sierra (que por sua vez é rota obrigatória para chegar até lá), onde se encontra o Sitio Arqueológico de Samaipata (e o Forte de Samaipata).

Declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1998, o local abriga uma colina com a maior pedra talhada do mundo. Uma das construções monolíticas mais importantes do planeta, a construção pré-colombiana era antigo palco de rituais indígenas.

Para chegar a Samaipata partindo de Santa Cruz de la Sierra é possível contratar vans ou carros particulares, ou ainda ir de ônibus. No caso de grupos a opção de transporte particular é boa por possibilitar negociação de valores que saem em torno de 12 reais por pessoa. O trajeto dura cerca de 2 horas e meia.

Para chegar ao Sitio Arqueológico (a 8 km do centro de Samaipata) é necessário primeiro visitar o Museu de Samaipata (com entrada a 18 reais), onde se encontra um pouco sobre a cultura e artesanato local, e de lá tomar taxi ao Sitio Arqueológico de Samaipata (cerca de 8 reais a corrida) – os taxis geralmente aguardam os passageiros finalizarem o passeio para retornar.

Existem ainda outras e diversas opções de passeios muito interessantes na própria cidade de Santa Cruz de la Sierra:

  • Basílica de San Lorenzo: Na famosa praça central, Plaza 24 de Septiembre, se destaca a arquitetura da catedral, cartão postal da cidade. Há possibilidade de visitar o museu interno com peças sacras ou avistar toda cidade no topo de uma de suas torres, tudo por menos de 2 reais a entrada.
  • Casa de la Cultura: Localizada na Calle Libertad, a Casa de la Cultura abriga obras de artistas nacionais e estrangeiros, com exposições fixas e temporárias. Entrada gratuita.
  • Manzana UNO: Um espaço cultural interativo com exposições temporárias, localizada na Calle Independencia. Entrada gratuita.
  • Parque el Arenal: Embora pouco arborizado é um importante ponto de encontro localizado no centro de Santa Cruz de la Sierra.
  • Zoológico: No ambiente arborizado do zoológico de Santa Cruz de la Sierra abriga algumas espécies em extinção ou que sofreram maus tratos e realiza ações de conscientização ambiental a população. A entrada custa cerca de 7 reais.
  • Vida noturna: A mais famosa balada/boate da cidade é a Pink. A entrada deve ser paga exclusivamente em dinheiro, mas o que for consumido pode ser pago também com cartões.

Como chegar em Santa Cruz de la Sierra com o Trem da Morte

Expresso-Oriental-Trem-da-Morte

É possível chegar a Santa Cruz de la Sierra através das estradas, de avião, ou ainda por um meio muito famoso entre os mochileiros: o Trem da Morte. Responsável por ligar a cidade de Puerto Quijarro – de acesso localizado na divisa com a cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul – a Santa Cruz de la Sierra, o Trem da Morte foi assim batizado não pelo trajeto perigoso, cheio de abismos, desfiladeiros e pontes a cair, mas sim por conta de seu passado, pois durante uma epidemia de febre amarela em Santa Cruz de la Sierra no século XX os trens eram usados para transportar leprosos, doentes e vítimas fatais da doença.

Para chegar a Bolívia se aventurando desta maneira você precisa primeiro chegar a Corumbá (o que é possível se fazer de ônibus ou avião) e então comprar com poucos dias de antecedência as passagens para uma das três categorias de trens:  Regional (a opção mais barata, popular e desconfortável – bancos fixos de assento duro – com duração de percurso de 19 horas), Expresso Oriental (mais confortável que a categoria Regional com duração de percurso de cerca de 16 horas) e Ferrobus (confortável – com camas em alguns vagões – e duração de percurso de menos de 14 horas).

A passagem atualmente custa a partir de 19 bolivianos (cerca de 8 reais) e, para ser adquirida, é necessário apresentar RG e carteira internacional de vacinação comprovando a aplicação da vacina de febre amarela, no ato da compra.

O Trem da Morte, além de ser uma forma diferenciada e barata de ingressar o país, é com certeza uma experiencia única de paisagens incríveis, passando entre algumas montanhas e, inclusive, em meio a Cordilheira dos Andes.

Compras em Santa Cruz de la Sierra

A Bolívia é um dos principais e primeiros países a serem visitados por mochileiros brasileiros por conta de sua proximidade, facilidade de acesso (sem necessidade de vistos específicos e nem mesmo passaporte – com RG de 10 anos ou menos qualquer brasileiro pode ingressar em qualquer pais pertencente ao Mercosul) e baixos custos para permanência.

Por conta dos baixos preços e por ser a principal porta de entrada de viajantes ao país, Santa Cruz de la Sierra a cidade é referencia para compras de lembranças e itens indispensáveis para viagem pela Bolívia ou ao vizinho, Peru. Muitos viajantes brasileiros levam apenas o indispensável até chegar em Santa Cruz de la Sierra e adquirir casacos, botas, itens para proteção térmica e de segurança nos desertos (locais geralmente visitados por quem visita esses países) e, inclusive, a mochila onde tudo será carregado.

Em Santa Cruz de la Sierra os lugares mais famosos e baratos para compras são a feira La Ramada e algumas lojas de caça e pesca na região da 7 Calles ou Casco Viejo. Aos que tiverem oportunidade de acordo com seu roteiro, as feiras da cidade de Sucre ou La Paz oferecem muitas boas opções de compras e, na maioria dos casos, ainda mais baratas.

 

Veja também:

 

Facebook   Nosso grupo   Twitter   LinkedIn Youtube

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30"]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/[/su_service]h6>

Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos