Programa busca pessoas para viajar de graça por 20 países e paga 2.500€ por mês

Se você está lendo esse texto é porque adora viajar. Adora tanto que acha que a oportunidade perfeita seria poder fazê-lo e ainda receber por isso. Pois a sua chance finalmente chegou! O projeto World Life Experience está em busca de pessoas dispostas a passarem 11 meses com a mochila nas costas explorando o mundo e recebendo um salário durante a aventura.

Os selecionados passarão por 20 países no período da experiência e participarão de atividades com o objetivo de promover a diversidade social e cultural. Enquanto vivem intensamente as novas descobertas, os sortudos compartilharão as suas vivências nas redes sociais e no site do projeto.

Mais detalhes e inscrição

O World Life Experience vai selecionar 11 pessoas com diferentes perfis entre os 20 e os 39 anos. A única exigência, além da idade, é que o candidato tenha um nível de inglês intermediário, certamente para facilitar a comunicação durante a experiência. A primeira etapa da candidatura, que deve ser concluída até o dia 20 de julho, é o preenchimento de um formulário no site do projeto.

Aqueles que cumprirem os requisitos básicos, serão contactados para seguirem com o processo de seleção. Essa fase tem um custo de 9€ (com taxas inclusas), sendo 2,50€ uma doação para uma ONG. As etapas seguintes incluem um teste de avaliação psicológica, um vídeo de autopromoção e uma entrevista por Skype. Os resultados finais serão comunicados individualmente no dia 30 de setembro.

A aventura já tem data para iniciar. A partir de 15 de janeiro de 2019, os 11 sortudos terão todas as despesas pagas e ainda receberão um salário de 2.500€ todos os meses. Alimentação e deslocamentos também são de responsabilidade do projeto. O grupo desenvolverá ações voltadas para a responsabilidade social, terá muito trabalho, mas também direito a períodos de descanso em cada localidade por onde passarem.

Edição anterior de sucesso

Não é a primeira vez que o World Life Experience causa furor entre os viajantes. A 1ª edição, lançada em 2017, recebeu mais de 40 mil inscrições de candidatos de todo o mundo, sendo a maioria de brasileiros e espanhóis. Os 11 selecionados, que partiram e Lisboa, estão na estrada há 3 meses e já contam com série de trabalhos desenvolvidos na área do reflorestamento, permacultura, workshop com refugiados e cooperação em projetos de construção.

Os viajantes ainda vão passar por outros 15 países, incluindo o Brasil, onde a aventura encerra, em novembro deste ano. Entre eles, está um Freddy Leal, brasileiro de de 30 anos.

A segunda edição tem algumas alterações na quantidade de países visitados, de 24 passa para 20. Há também um aumento na duração da estadia em cada local. Os 10 dias passam a ser 2 semanas completas, incluindo trabalho e descanso. Outra novidade é também uma maior diversificação de destinos. Aos invés de três continentes apenas, todos os cinco serão visitados pelos próximos selecionados.

Acompanhe mais dicas no Facebook, Instagram e YouTube

Veja também:

Atenção: Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas? e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.


Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Seguro Viagem

Booking.com