Procurando um lugar para se hospedar na próxima viagem e só encontrou ofertas muito acima do que esperava gastar? É em meio a essa busca que você deve se deparar com o site do Airbnb, que é uma plataforma de aluguel de temporada de casas, quartos e até residências mais peculiares.

Abaixo é possível conhecer mais sobre a iniciativa e se vale a pena.

Como funciona o Airbnb

Antes de mais, tudo começa com um cadastro. É por meio dele que será possível fazer a reserva caso ache algo do seu agrado. Na busca é preciso inserir seu destino e período da estadia. Apenas para ilustração, escolhi a cidade de Nova Iorque e coloquei as datas de 15 a 29 de dezembro de 2016. Uma época extremamente procurada e que com certeza trará preços bem altos.

Após essa seleção, o site do Airbnb mostra uma lista com as acomodações encontradas e uma série de filtros mais específicos, nos quais pode-se escolher se quero uma casa inteira, um quarto inteiro ou um quarto compartilhado (obviamente, quanto mais compartilhado, mais barato).

Procurando uma acomodação no site

Uma das partes mais importantes, como é claro, é o preço. Logo de cara surgiram as opções mais baratas por $30 a noite – excelente para a Big  – and Expensive  – Apple! Se tratava de um quarto (na verdade uma sala) em uma casa super gracinha no Brooklyn (quem não conhece esse bairro é porque nunca assistiu a Todo Mundo Odeia o Chris).

Na descrição dizia que o hóspede poderia usar a cozinha do apartamento, ter acesso à internet, alguns itens básicos (toalha, lençós, papel higiênico, sabonete) e aquecimento (necessário –  é inverno lá nessa época). O valor por noite seria de $30, mas não é o único custo incluso. É preciso acrescentar:
  • Taxa de limpeza = $25
  • Taxa de serviço = $67

TOTAL: $36,57 por noite ($512 para as 14 noites selecionadas na simulação).

Preste atenção nas descrições

cama em apartamento no airbnb

Sim, essa acomodação que achei é bem barata. No entanto, na descrição o host também deixa claro que é preciso que o hospede só use o espaço durante a noite mesmo, saindo logo pela manhã. Isso porque na verdade ele fez da sala do apartamento um “quarto” e assim não há muita privacidade.

Para quem apenas quer um lugar bacana para dormir na cidade que, na verdade, dizem que não dorme, pode ser uma boa opção. E ainda tem essa parede de tijolinhos. Até então parece ok.

Leia os comentários para saber se a acomodação no Airbnb é confiável

apartamento no brooklyn da airbnb

Para saber se um local anunciado Airbnb é confiável, nada melhor do que ler os comentários e avaliações dos hóspedes que já passaram por lá. No caso deste apartamento que estou usando como exemplo, pude encontrar comentários dizendo que o dono é bem humorado e que apesar de ser numa sala, tudo é muito limpinho.

Outro reclama exatamente por ser uma sala e ter muitos outros hóspedes na casa passando o tempo todo, indicando que na verdade o espaço funciona como um albergue.

Ou seja, é pesar na balança o que é melhor e decidir. Caso esse preço seja bom, mas não valha a pena pelas condições, é só continuar a pesquisa por outra acomodação e até mesmo subindo um pouco o valor. Aumentando para $60 por noite já encontrei muito mais coisa. Alguns exemplos:

Brooklyn – $58 por noite (quarto para 1 pessoa)

apartamento em brooklyn no airbnb

Chelsea – $237 por noite (apartamento para 4 pessoas – $59,25 por pessoa)

apartamento em Chelsea no airbnb

Ou vamos chutar o pau da barraca e ver os apartamentos mais caros de Nova Iorque no Airbnb:

Brooklyn$550 por noite (apartamento para 10 pessoas – $55 por pessoa)

apartamento-em Brooklyn para 5 no airbnb

Soho – $559 por noite (apartamento para 5 pessoas – $111,80 por pessoa)

apartamento em Soho no airbnb

Por fim, vemos que nem sempre o mais caro no site é de fato mais caro, pois se for em grupo pode sair até mais barato que as primeiras opções.

É seguro fazer uma reserva pelo site?

Se você está pensando na segurança na hora de fazer pagar pelo site do Airbnb, a empresa garante que só debita da sua conta após 24h do seu check-in no local, dando tempo para que você confirme se está tudo bem. Além disso, a empresa oferece suporte 24 por dia.

Preços: Airbnb x Hotel x Hostel

Finalmente, nada vale a pena sem comparar os preços. Para as mesmas datas que pesquisei acomodação no Airbnb procurei por um hostel ou hotel também no Booking.com. As opções mais baratas que encontrei foram o Bowery Grand Hotel, por $42 a noite – no entanto só tinha vaga para o dormitório masculino. A próxima opção saia por $50 a noite, em quarto individual com banheiro compartilhado. O hotel de uma estrela fica em Little Italy.

quarto-bowery-grand-hotel-nyc

A segunda opção mais barata encontrada no site foi o Hi NYC, que por acaso conheço pessoas que já se hospedaram lá e gostaram. A noite sai por $61 em dormitório feminino, com 10 camas. O Hostel fica em Upper West Side, perto do Central Park.

Qual vale mais a pena?

A moral da história é que é preciso comparar. Se vai em grupo, com certeza vale a pena procurar uma acomodação no Airbnb, pois todos podem ficar juntos pagando até menos que em um hostel. Outro ponto que pode ser a favor ou contra é a localização. Em teoria, quanto mais próximo dos pontos turísticos mais caro, mas você também deve gastar menos com transporte e perder menos tempo se locomovendo. O oposto também é válido.

Gostou desse post? Compartilhe e acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube

Veja também:

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.

Sobre o Autor

Nataly Lima

Mestre em jornalismo natural de São Paulo, hoje tem a Europa como a sua base. É apaixonada por conhecer novas culturas, comer, viajar e contar histórias sobre esses e outros assuntos.

Artigos Relacionados