Como o Study in Lisbon Lounge facilita a vida dos estudantes internacionais

Encantar-me por Lisboa foi fácil, é uma cidade realmente incrível, mas junto com a adaptação à nova casa, tinha mais coisas para resolver logo nas primeiras semanas.

Lembro que, ao chegar aqui, com visto de estudante na mão e aulas já encaminhadas, era necessário correr atrás da documentação portuguesa para receber a minha autorização de residência. Para quem ainda está no início das pesquisas, o visto de estudante de curso superior lhe concede entrada em Portugal (mesmo que você entre na Europa por outro país da União) e tem uma validade relativamente curta.

Normalmente, os cursos superiores têm duração maior do que a validade do visto. Portanto, é necessário emitir a sua autorização de residência, que nada mais é do que a concessão de residência no país pelo período de um ano com possibilidade de renovação. Com isso, você está legalizado e pode entrar e sair da União Europeia quantas vezes forem necessárias, desde que respeitada a legislação.

Munida da documentação que eu já havia trazido do Brasil e algumas que eu emiti em solo português, liguei para o SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) para agendar a minha entrevista solicitando a autorização. Já não é mais surpresa que Portugal vem enfrentando uma alta de candidatos a residência no país, fazendo com que as filas para essa tal entrevista sejam de quase um ano. Mas foi aqui que o Study in Lisbon Lounge “me salvou”.

A iniciativa é exclusiva para apoio aos estudantes internacionais, onde você pode receber orientações sobre onde ir, como fazer determinada coisa, se familiarizar com prazos, cartões estudantis, legislação e, sim, fazer a entrevista para a emissão da sua autorização de residência.

Por ser focado em estudantes internacionais, a fila é mais curta para agendar a entrevista – basta informar à pessoa que está fazendo seu agendamento por telefone que você é estudante e confirmar alguns dados que ela irá pedir. Normalmente, ela te encaminhará diretamente ao Study in Lisbon Lounge para a sua entrevista, mas caso isso não ocorra, você pode solicitar.

Eu cheguei em Portugal no início de março de 2018. Meu visto tinha validade até junho e minha entrevista foi em julho. Duas semanas após a entrevista, recebi a autorização de residência em casa. Ou seja, resolvi tudo ainda no primeiro semestre.

Toda a entrevista foi muito tranquila: apresentei os documentos necessários conforme o site do SEF exige (alguns foram dispensados, pois eu já os havia apresentado quando solicitei o visto de estudante no Consulado de Portugal, ainda no Brasil) e fui liberada. As senhoras que me atenderam foram muito simpáticas e me alertaram que, se houvesse a necessidade de apresentação de mais algum documento, eu seria notificada por telefone ou e-mail.

Mas não é só no Lounge que você encontra informações: o  próprio site Study in Lisbon aglomera diversos argumentos imbatíveis para a escolha de Lisboa como sua nova morada com foco acadêmico. Menciona a excelência de ensino, as oportunidades esportivas, o clima delicioso, a incrível convivência com pessoas de todas as partes do mundo, a cultura, segurança, e, é claro, o custo de vida.

Aliás, o site tem uma ferramenta excelente para você, que sabe que quer ir, mas não sabe bem por onde começar. O motor de busca reúne as ofertas de algumas das mais conceituadas instituições de ensino superior para te guiar nos primeiros passos da sua jornada.

Mas e bolsa? Tem? Tem também! Lá você vai encontrar as bolsas de estudo disponíveis  e vai poder entender melhor qual se encaixa naquilo que você busca.

Como entrar em contato com o Study in Lisbon? Pelo FacebookTwitterInstagram.

Este conteúdo é de total responsabilidade do autor da coluna Flávia Stamato. Acompanhe também o instagram da Flávia.

Acompanhe mais dicas no Facebook, Instagram e YouTube

Veja também:


Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos