É possível fazer intercâmbio no Canadá e conseguir um emprego no país?

Pensando em estudar no Canadá e depois tentar construir uma carreira por lá? Veja o que é mais procurado nos currículos e as melhores escolas para investir em um curso de idiomas no país

Muitos brasileiros sonham em fazer intercâmbio no Canadá e passar um tempo naquele que é um dos países com mais qualidade de vida do mundo. O que boa parte deles não sabe, no entanto, é que a experiência pode abrir portas para entrar no mercado de trabalho canadense.

Trabalho e intercâmbio no Canadá

De uma forma geral, os intercambistas que vão apenas fazer curso de idiomas não podem trabalhar no Canadá. Então, se não há essa possibilidade, por que foi dito anteriormente que o intercâmbio é uma ponte para conseguir um emprego? Primeiro porque a fluência seja em inglês ou em francês, dependendo da cidade escolhida, é bastante valorizada e o intercâmbio ajuda muito nisso. E, segundo, porque existe um programa muito específico que concede um período de estudo e trabalho no país.

Com o visto Study+Work é possível exercer atividades remuneradas e não apenas trabalhos voluntários ou dentro da instituição em que estuda. Esse tipo de visto só pode ser concedido a quem entre outras coisas, já concluiu o Ensino Médio e vai frequentar no país um treinamento vocacional, acadêmico ou profissional. O curso precisa ter, no mínimo, 6 meses.

Muitas agências de intercâmbio apostam no público que pode ter interesse nesse tipo de experiência e já oferecem pacotes que incluem tanto o curso como a oportunidade de trabalho. Também é possível fazer tudo por conta própria, mas o processo pode ser mais moroso.

País de portas abertas a brasileiros

O Canadá é um país extremamente aberto à migração legal, especialmente para a faixa etária que pode ser mão de obra ativa por lá. De acordo com os dados do Statistics Canada, no fim de 2018, haviam mais de 430 mil vagas de emprego à espera de serem preenchidas. Sobram empregos no país onde, neste momento, a taxa de desemprego está em 5,8%.

Enquanto os Estados Unidos fecham as portas, o Canadá abre ao máximo para os estrangeiros, especialmente estudantes e profissionais qualificados. O objetivo é incrementar a economia e mantê-la o mais ativa possível. Para as próprias empresas, inclusive, tornou-se muito mais fácil contratar um profissional estrangeiro, uma vez que aumentou recentemente a variedade de vistos de trabalho.

As habilidades mais procuradas no CV no Canadá

Ao se candidatar para uma oportunidade no Canadá, o currículo do candidato é avaliado não apenas pela empresa, mas também pela imigração. O perfil e as experiências anteriores no mercado de trabalho são pontuadas e aqueles que receberem mais pontos são os que recebem os vistos de trabalho ou autorizações de residência solicitados.

A própria imigração canadense que a juventudade é um fator importante para a pontuação. O país quer imigrantes jovens, com capacidade para o trabalho e que contribuam para fazer a roda da economia girar.

Além da idade, empresas e autoridades valorizam níveis educacionais elevados e uma experiência consistente no mercado de trabalho. Outro fator bastante importante na análise do currículo é a fluência em inglês e/ou francês. O candidato deve saber se expressar verbalmente e oralmente com fluidez.

Aqueles que previamente tiveram uma experiência de estudo e trabalho no país ou que concluíram algum curso vocacional, técnico ou de graduação por lá contam com ainda mais pontos de vantagem. É muito mais fácil conseguir um visto de trabalho ou autorização de residência premanente, nesses casos.

Melhores cidades para fazer intercâmbio no Canadá em 2019

Por todos motivos e mais alguns, fazer intercâmbio no Canadá pode ser uma excelente maneira de investir na carreira. Mesmo que o objetivo não seja o mercado de trabalho do país, a experiência será sempre enriquecedora e deixará o currículo muito mais robusto. A vivência internacional e o aprendizado intensivo de uma língua estrangeira destacarão sempre o candidato nos processos seletivos de que participar.

Toronto

Não faltam cidades canadenses que podem servir de cenário ideal para uma excelente experiência. Uma das favoritas nos brasileiros que vão fazer intercâmbio no Canadá é Toronto. Essa verdadeira metrópole tem uma variedade incrível de escolas e centros de ensino para todos os bolsos e preferências. Além disso, é um grande centro, cosmopolita e com uma quantidade bastante relevante de empresas instaladas. Ou seja, um ótimo local para buscar oportunidades de trabalho.

Vancouver

A seguir, Vancouver também é uma ótima aposta para fazer intercâmbio no Canadá. Além das oportunidades que pode oferecer em termos de ensino e trabalho, é um dos locais do mundo com melhor qualidade de vida.

Montreal

E para quem viver o lado mais francófono do país, Montreal é sempre uma ótima escolha. Lá é possível tanto fazer um intercâmbio mais focado no inglês como um mais voltado para o francês, sendo que esta é a terceira maior cidade que fala o idioma no mundo.

Calgary

Com um clima mais country, Calgary é perfeita para aqueles que apreciam uma cidade de médio porte, mas com um certo clima de cidade pequena. Apesar da cara de interior, é considerada um dos mais importantes centros econômicos do país e também base de grandes empresas e escritórios.

Acompanhe mais dicas no Facebook, Instagram e YouTube

Veja também:

Procurando escola de idiomas no Canadá?
Faça um orçamento online com a Descubra o Mundo

Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos