Por que junho é o melhor mês do ano para visitar Portugal

Ok, ok, nós sabemos. Qualquer altura do ano é incrível para visitar Portugal. O país só é pequeno em extensão territorial, mas conta com um sem fim de locais de interesse, museus e paisagens, sem falar na oferta gastronômica completamente atemporal. Então, quando surgir a oportunidade, não pense duas vezes: vá. Hoje ou no auge do inverno, vá.

No entanto, se anda por aí com uma dúvida cruel sobre quando seria melhor conhecer a terra de Camões, vamos tentar ajudar na decisão. E não faltam motivos para se afirmar que junho é definitivamente a altura ideal para cruzar o Atlântico rumo a muitas aventuras regadas a vinho, bacalhau, pastéis de nata e outras iguarias. Continue lendo esse artigo e vai chegar ao fim com uma vontade incontrolável de fazer as malas. Ora pois vai!

4 razões para conhecer Portugal em junho

Não dá tempo ir mais esse ano? Não tem problema! Comece logo o planejamento para o ano que vem, mas não perca tudo o que Portugal tem para oferecer durante esses 30 dias animados, cheios de festa, onde é possível aproveitar cada momento ao máximo.

Se está curioso para saber o que tem de tão especial esse mês, confira abaixo 4 motivos indiscutíveis que tornam Portugal imperdível em junho. Poderíamos dar muitos mais, mas vamos lançar a isca para você tomar coragem e ir conhecer de perto os atributos portugueses.

1- Os Santos Populares

No Brasil, Festas Juninas. Em Portugal, Santos Populares. Dois lados de uma tradição em que Santo Antônio, São João e São Pedro são os protagonistas. Apesar dos contornos diferentes, não faltam bandeirinhas coloridas e muita música. O mês é preenchido por bailaricos e queima de fogos de artifício.

Em Lisboa, a madrugada do dia 12 para o dia 13 é o ápice da festa. No Porto, tudo culmina na noite de 23 para 24, a “mais longa do ano”. Mas, não importa onde você esteja, haverá com certeza muita sardinha assada, barraquinhas de churros e farturas e bifanas. De norte a sul, o país vive intensamente os Santos Populares. Se você gosta de agitação, vai se identificar com essa atmosfera única da temporada.

2- Preços amigáveis

O Verão começa praticamente na última semana do mês e, em termos práticos, já se pode dizer que é início da alta temporada. No entanto, os preços ainda são muito mais em conta do que em julho e agosto. É possível encontrar hospedagens e mesmo passagens aéreas com tarifas bem interessantes.

3- Dias longos, noites agradáveis

E para quem não quer saber de frio, uma ótima notícia: junho tem todo aquele ar de verão com o frescor da primavera. Exceto em alguns dias mais instáveis, as temperaturas ficam entre os 18ºC e os 30ºC, ou seja, ainda não está aquele calorão, mas já dá para ir à praia e aproveitar ao máximo a luz do sol. Nesta época, ainda há luz natural até bem perto das 22h.

4- Feiras e festivais

De uma coisa você pode ter certeza: não faltará programação durante a estadia. É evento de domingo a domingo! Além dos Santos, é uma época rica em feiras gastronômicas e populares. E se gosta de História, fique sabendo que esse é um mês com uma variedade de feiras medievais em vários cantos do país.

Por falar em feira, há mais uma que vale a visita, a Feira do Livro de Lisboa, que acontece sempre em junho. Festivais como O NOS Primavera Sound, que reúne atrações nacionais e internacionais, também fazem parte da agenda local. Ou seja, essa será sem dúvida uma viagem para desfrutar de Portugal na sua mais pura essência.

Acompanhe mais dicas no Facebook, Instagram e YouTube

Veja também:

Atenção: Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas? e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.


Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos