Quando saí de casa com a minha moto para viajar toda América, deixei junto todo uma vida que foi construída em valores que eu já não reconheço mais.

Deixei lá um bom trabalho, deixei o cartão platinum com um limite desnecessário, deixei as contas que não tinham fim, deixei o conforto do wi-fi de casa, a comida rápida e sem carinho pedida pelo telefone.

Deixei um poder que nunca tive. Achava que esse era o caminho, dinheiro, segurança, saúde. Mas que saúde e que segurança e qual dinheiro? Tudo era crédito, tudo era em muitas vezes, tudo era um valor a mais que nunca era contado.

Quantos “sim” eu nao falei para vender a minha vida, tudo era possível: chegar cedo, sair tarde, trabalhar, manter a meta, reduzir custo, bônus e, claro, atender as expectativas da empresa. E a vida? e as lagoas? as praias? O pôr do sol? E as estradas de terra, as frutas na beira da estrada?

Será que talvez não nos perdemos nos caminho da felicidade?

O 13 salário e a cesta de natal já não pagavam mais o tempo perdido.

Agora que começamos uma crise econômica no Brasil, vejo essa geração tao poderosa cair. Agora a conta bancária tá no vermelho, não tem mais o Outback, a lanchonete da cidade, o happy hour no Itaim Bibi, balada na Vila Olímpia, o passeio pelo shopping mais longe da sua casa comprando aquelas porcarias de marca.

Perdi muito tempo tentando ser mais do que eu podia, tentando alcançar as metas inatingíveis para conseguir uma carreira meteórica.

Hoje depois de um ano livre da droga do consumismo, me sinto bem e muito feliz por saber que neste momento eu nao preciso de nada. Tudo o que eu conquistei até hoje esta na garupa da minha moto.

 

Este conteúdo é de responsabilidade do autor da coluna Diário de Motocicleta e está sujeito a alterações sem aviso prévio. 

Diário de Motocicleta
Glauber Leite está viajando numa moto Yamaha Tenere 250cc. O objetivo inicial era fazer toda a Rodovia Panamericana, que vai do Ushuaia, na Argentina, até Fairbanks, no Alaska. Ele saiu do Brasil em janeiro de 2015. Você acompanha o diário da jornada aqui no Já Fez as Malas.

Acompanhe a aventura também no Facebook do Jornada 9 de Julho.

Saiba mais sobre como começou a viagem de moto de Glauber aqui.

 

Veja também:

Facebook   Nosso grupo   Twitter   LinkedIn Youtube

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.

 

Sobre o Autor

Redação

O Já Fez as Malas? é feito por e para brasileiros apaixonados por conhecer outras culturas, viagem, gastronomia e para quem sonha em morar fora.

Artigos Relacionados