A imigração dos Estados Unidos é sem dúvida uma das mais temidas. Talvez por ser um dos países que desperta mais interesse dos turistas e pelas histórias de viajantes levados para serem interrogados em salinhas escondidas.

A questão é que, assim como qualquer outra imigração, é preciso estar preparado e ter em mãos todos os documentos e informações importantes para comprovar o motivo da sua viagem.

Como é a imigração nos Estados Unidos

Antes de mais, o brasileiro que viaja para os Estados Unidos precisa ter o visto americano adequado para o tipo de estadia desejada. Com isso em posse, será preciso cuidar de todo o restante e é exatamente isso que costumam perguntar antes de deixarem o viajante passar livremente pela fronteira.

Formulário

Ainda no avião, o viajante receberá um formulário com questionamentos sobre itens que leva na bagagem (como comida, armas, drogas, etc) e se a quantia de dinheiro que carrega é superior a 10 mil dólares.

Escaneamento do visto

Assim que aterrisar e passar no controle, será preciso escanear o passaporte na página do visto em uma máquina. Ali também será preciso tirar uma fotografia. A máquina emitirá um recibo e com este você será encaminhado para conversar brevemente com um policial.

Controle policial

É nesta hora que você deve estar preparado para uma série de questionamentos que poderão fazer, dependendo dos motivos da sua viagem e da duração da mesma. Apenas para ter uma ideia do que é bom estar preparado para responder e comprovar:

  • Quanto tempo irá ficar?
  • Veio sozinho? Vai encontrar alguém?

Caso responda que sim, o policial provavelmente irá perguntar sobre essa pessoa que irá encontrar: nacionalidade, o que faz nos Estados Unidos, etc.

  • Onde vai ficar?

Nesse caso e no anterior, caso vá ficar na casa de alguém que seja cidadão americano ou que esteja passando uma temporada no país, o ideal é preparar uma carta-convite. Caso vá se hospedar em um hotel ou tenha alugado uma casa, tenha em mãos os comprovantes de reserva.

  • Quanto dinheiro tem?

Aqui vale ter e informar uma quantia razoável para todos os dias que pretende ficar nos Estados Unidos. Levar uma cópia impressa do extrato bancário mais recente pode ser útil.

  • Tem cartão de crédito? Quantos?
  • O que você faz no país de origem?

Essa pergunta é para ter certeza que você tem vínculos em outro país, como trabalho, faculdade, entre outros.

É importante ter consciência de que eles querem ter certeza que você tem razões suficientes para deixar os Estados Unidos dentro do limite permitido e que não irá permanecer ilegalmente no país.

Alfândega

Após ser liberado pelo policial, faltará apenas retirar suas bagagens e passar pela alfândega. A princípio, a passagem será rápida para quem está no país apenas para visitar.

Acompanhe mais dicas no  Facebook e  YouTube

Veja também:

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.

Sobre o Autor

Redação

O Já Fez as Malas? é feito por e para brasileiros apaixonados por conhecer outras culturas, viagem, gastronomia e para quem sonha em morar fora.

Artigos Relacionados