Depois de algum tempo no continente europeu, é muito provável que você tenha incorporado alguns hábitos muito característicos destes países, como…

1- Você passou a tomar mais café (ou pelo menos a visitar mais lugares como esse)

Se tem uma coisa que os europeus gostam muito de fazer é tomar café e ir a cafés para conversar e passar tempo. O local pode servir até mesmo como ponto de encontro para dates românticos (pense que ir a um bar no inverno pode ser menos agradável por esses lados).

É algo tão cultural que é bem capaz de você já ter ido a um café com seus amigos e ter ficado conversando durante horas por lá. E pelo que parece, quanto mais frio o país, mais isso se torna comum.

2- Água com gás já está entre os seus mais pedidos

Se você é dos que odiava água com gás quando morava no Brasil, como eu, mas com o tempo foi se rendendo a esse líquido borbulhante: bem-vindo ao clube. Não tem nada mais europeu do que pedir isso (muitas vezes é até difícil achar água normal)!

3- Papel bom é papel jogado no l̶i̶x̶o̶  vaso sanitário!

Bem, se você já está na Europa há algum tempo, já deve estar tendo problemas com sua mãe quando vai ao Brasil e esquece que lá não se pode jogar papel na privada (porque entope!). Mas aqui é o que todo mundo faz. Pra não dizer a cara de espanto dos amigos gringos quando eles descobrem que no Brasil nós deixamos os papéis usados em um lixinho.

4- De vez em sempre você se joga nos queijos, vinhos e presuntos sem ficar pobre

Ainda mais se você é fã das marcas brancas do supermercado, consegue fazer uma boa economia e transformar as entradas de qualquer jantar em algo chic de doer. Há países onde vinho é um pouco mais caro, mas, no geral, quem mora em países como Espanha, Portugal, França e Itália está muito bem servido.

5- Você ama a época de promoções!

Não precisamos dizer o quão louco são os dias em que você pode comprar muitas coisas com uma nota de 20€.

6- Você sabe que viajar na Europa é mais barato que no Brasil (e aproveita isso)!

Há alguns anos a Ryanair, companhia low cost queridinha de quem viaja pela Europa, vendia passagens de até mesmo 1€. Hoje em dia os mais baratos giram em torno de 9€, mas mesmo assim, para uma viagem de avião, está bom pra mais da conta.

Além dos voos, quem viaja pela Europa encontra uma boa variedade de preços nas acomodações, além do CouchSurfing ser muito comum por aqui (e é de graça!).

7- Você se importa mais em ter qualidade de vida do que bens materiais

 A menos que você esteja fazendo compras no Ikea…

Se tem uma coisa que notamos logo de cara é que, enquanto no Brasil nós temos uma grande preocupação e ansiedade em ter casa e carro próprios, entre outros bens, na Europa é muito comum ver pessoas satisfeitas em morar de aluguel por um bom tempo e até mesmo preferirem usar o transporte público ou meios alternativos, como a bicicleta, para se locomover.

Além disso, como os preços costumam ser bem acessíveis, não é preciso se esforçar tanto para comprar qualquer coisa. É só ver o exemplo dos produtos do Ikea e como é possível mobiliar uma casa sem ter que parcelar durante a vida toda (até porque boleto e parcelamento no cartão de crédito não são coisas normais na Europa).

Acaba que por aqui luxo e status mesmo é ter uma boa qualidade de vida, em vez de ter uma série de bens antes dos 40 no nosso nome.

8- Você tem amigos de diversas nacionalidades

A menos que você se isole muito e ande apenas com conterrâneos, é bem provável que depois de um tempo na Europa você já tenha amigos de diversas nacionalidades (e de países que você nem sabia direito onde ficava no mapa)!

Essa experiência é das melhores coisas que alguém pode viver quando vai morar fora: conhecer o mundo e outras culturas com os próprios olhos.

10- Você passou a levar a vida de forma mais leve

Como dito antes, pela Europa é muito comum que o ritmo de vida seja mais tranquilo se comparado ao que temos em cidades grandes, como São Paulo. Ninguém acha normal levar horas para ir e voltar do trabalho, acordar muito cedo e chegar em casa muito tarde.

Aliás, é muito pouco comum estudar e trabalhar ao mesmo tempo. Por aqui o normal é fazer uma coisa de cada vez e até começar a carreira profissional um pouco mais tarde.

E não para por aí. Dá para notar que, de forma geral, os europeus são menos preocupados com a aparência do que nós, brasileiros. Ter cabelo liso é normal. Ter cabelo enrolado é normal. Ter cabelo roxo também pode ser normal. Eles são definitivamente menos preocupados com padrões de beleza do que nós.

Até sair de pijama pode ser… normal (e daqueles de bichinhos, da Primark!).

9- Você começou a se interessar em aprender novos idiomas

Quem acaba por conhecer muitos estrangeiros ou mesmo viajar, acaba também por ter um interesse maior ou até mesmo necessidade de aprender outros idiomas. Afinal, basta viajar algumas horas que é possível estar em outro país, com uma cultura e língua completamente diferentes.

Tanto que não é raro ver europeus que falam pelo menos o básico de muitos idiomas.

Em falar nisso, comece a praticar outro idioma com nativos no Italki hoje mesmo com este cupom de 10 dólares.

Este conteúdo é de total responsabilidade do autor da coluna O Mundo de Nataly. Siga também o Instagram da Nataly.

Veja também:

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.

Sobre o Autor

Nataly Lima

Mestre em jornalismo natural de São Paulo, hoje tem a Europa como a sua base. É apaixonada por conhecer novas culturas, comer, viajar e contar histórias sobre esses e outros assuntos.

Artigos Relacionados