Assim como acontece em países formados por estados independentes – como é o caso dos Estados Unidos – o salário mínimo no Canadá é definido de forma autônoma por cada uma das províncias que compõem o país, não havendo um mínimo federal geral como ocorre no Brasil.

Mas, além de tal característica particular, será que esse montante é mesmo suficiente para se sustentar enfrentando gastos com moradia, alimentação, contas e o bom e merecido lazer? Confira a seguir quanto é um salário mínimo no Canadá e quanto ganham as principais profissões no país.

Salário mínimo no Canadá em 2017

Como já adiantado no início do artigo, o salário mínimo no Canadá é relativo à província em que se está residindo legalmente. Afinal, essa quantia é estabelecida por hora trabalhada de maneira independente entre os governos, havendo uma relação de bom senso entre as províncias, que não extrapola em demasia essa média de ganhos.

Com base nestas informações, antes de cogitar uma mudança ao Canadá, é importante avaliar qual o custo de vida e o salário médio praticado na província em questão. Nas maiores cidades – e mais populosas – por exemplo, temos um ganho mínimo de CAD$ 11,40/hora em Toronto (ajustada anualmente em toda a província de Ontario); CAD$ 10,75 por hora trabalhada em Montreal (condizente ao restante da província de Quebec); CAD$ 10,85 para Vancouver, referente à província de British Columbia; e Calgary, um dos destinos favoritos pelos brasileiros e que tem como hora mínima os CAD$ 12,20 (aplicado também à província de Alberta).

Quanto às demais províncias, temos os seguintes salários mínimos e médios para a população atual – lembrando que os reajustes anuais costumam acontecer todo o mês de Setembro. Os dados foram fornecidos através do portal Retail Council e atualizados através de contribuições ao Numbeo e ao PayScale.

Yukon
Salário Mínimo: CAD$ 11,07 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 5.311,44

 Northwest Territories
Salário Mínimo: CAD$ 12,50 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 5.460,25

 Nunavut
Salário Mínimo: CAD$ 13,00 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 6.822,52

 Saskatchewan
Salário Mínimo: CAD$ 10,72 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 4.676,22

 Manitoba
Salário Mínimo: CAD$ 11,00 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 4.040,21

 Newfoundland e Labrador
Salário Mínimo: CAD$ 10,50 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 5.226,47

 Prince Edward Island
Salário Mínimo: CAD$ 11,00 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 4,205,76

 Nova Scotia
Salário Mínimo: CAD$ 10,70 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 3.846,51

 New Brunswick
Salário Mínimo: CAD$ 10,65 a hora trabalhada
Salário Médio: CAD$ 3.220,00

Veja o passo a passo para morar no Canadá

Com base nas informações fornecidas acerca dos ganhos médios de um cidadão canadense, temos algumas diferenças substanciais que os diferem de um trabalhador brasileiro. A primeira delas é a computação do salário com base nas horas trabalhadas ao dia, sendo a jornada permitida por lei a de 40 horas semanais.

Enquanto no Brasil as horas a mais podem ser convertidas em extras – com adicionais para feriados e finais de semana – ou em banco de horas, no Canadá ganha-se normalmente consoantes às horas trabalhadas, desde que estas não excedam as 60 horas semanais (acordadas previamente entre emprego e empregador).

Dá para se manter com um salário mínimo no Canadá?

O custo de vida no Canadá varia de cidade para cidade, mas de forma geral passa dos CAD$ 2.000.

Uma opção para quem está começando a cogitar a mudança, dividir apartamento com mais uma pessoa provisoriamente ou mudar-se para o país com o cônjuge pode ser a folga que precisa para estruturar as finanças e estabilizar os ganhos.

Veja como alugar uma casa no Canadá

Salário Médio

Também com relação aos ganhos médios de cada cidadão canadense, o salário oscila sensivelmente de acordo com o grau acadêmico apresentado para cada profissão – o que não acontece com frequência para profissionais brasileiros com ensino superior.

De acordo com dados do governo através do Censo 2006 para a cidade de Toronto, um indivíduo com diploma universitário em pós-graduação, mestrado ou doutorado ganha cerca de CAD$ 75 mil anuais, ao passo que diplomas de bacharéis ganham CAD$ 57 mil e quem não tem formação superior tem rendimento médio anual de CAD$ 30 mil.

Para conferir os dados para as demais cidades metropolitanas, acesse o portal de estatísticas do Governo do Canadá. E a seguir, confira o salário médio mensal em todo o país para as profissões mais comuns também no Brasil, com base nas contribuições enviadas ao PayScale. Lembrando que esses valores podem variar consideravelmente de acordo com a localidade em que se consegue o emprego.

Assistente Administrativo: uma ocupação muito comum, o assistente administrativo no país ganha, por hora, valores entre CAD$ 12,73 e CAD$ 23,50. Com isso, a média populacional nessa profissão é de um rendimento aproximado em CAD$ 3.251,66 por mês.

Mecânico de Automóveis: considerando uma profissão que presta serviços, um mecânico de automóveis – mesmo sem nível superior – é capaz de levantar grandes valores. Por hora, o profissional ganha entre CAD$ 12,29 e CAD$ 31,23, apresentando uma média mensal de CAD$ 4.088,66.

Operador de Caixa: nessa profissão, o ganho médio por hora trabalhada está entre CAD$ 10,22 e CAD$ 13,60 onde, com gorjetas de até CAD$ 2,29/hora, computam um rendimento mensal médio de CAD$ 1.833,25.

Engenheiro Civil: de alta remuneração, o profissional especializado tem ganhos entre CAD$ 17,06 e CAD$ 42,59, o que finaliza o mês com valores aproximados em CAD$ 5.238,50.

Designer Gráfico: profissão quem também necessita de formação superior, um designer gráfico pode ganhar entre CAD$ 13,54 e CAD$ 30,36 por hora. Por mês, o salário do profissional fica em torno de CAD$ 3.452,41.

Desenvolvedor de Software: com rendimentos entre CAD$ 16,37 e CAD$ 56,32, o profissional com nível superior na área pode ganhar a média de CAD$ 5.182,25 por mês.

Gostou desse post? Compartilhe e acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube

Veja também:

Facebook      Nosso grupo      Twitter    Youtube

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30″]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/su_service]

Sobre o Autor

Redação

O Já Fez as Malas? é feito por e para brasileiros apaixonados por conhecer outras culturas, viagem, gastronomia e para quem sonha em morar fora.

Artigos Relacionados