5 sinais de que você está há muito tempo na Austrália!

OMG: virei australiano!

1. Você Adora VEGEMITE!

Vegemite é um “spread”, uma pasta comestível feita a base da levedura da cevada.

Apesar do produto ter começado a ser comercializado em 1922, Vegemite popularizou-se na II Guerra Mundial quando as Forças Armadas compravam o produto em grandes quantidades devido ao seu alto valor nutritivo e baixa perecibilidade.

Confesso que a minha primeira experiência com Vegemite não foi das mais amigáveis. Tudo parece errado com a iguaria Australiana, uma pasta preta, salgada, com cheiro esquisito na minha torrada? Eca!!
Mas a verdade é que quando você se acostuma e acha a quantidade ideal para o seu paladar, é uma delicia! As melhores combinações às quais minha torrada matinal (ou  aquela da pura larica) já se aventurou foram: Vegemite com abacate, Vegemite com manteiga ou a minha descoberta favorita da 10311780_10152445383499795_3771634409303947386_nperfeita combinação Brasil/Austrália: Vegemite com Requeijão.

Não somente eu mas minha família no Brasil também viciou e Vegemite entrou para a listinha de coisinhas australianas requisitadas quando vou pra casa.

Assim como no Brasil crescemos carregando “Bisnaguinha SevenBoys” na lancheira da escola, as crianças australianas crescem carregando os mais diversos sabores de sanduíche com um ingrediente em comum: Vegemite.

Toda Criança Australiana Sabe Cantar Este Jingle

Vegemite Goes On Forever

2. Meat Pie Virou Seu Pão de Queijo

Calma, deixa eu me explicar! Pão de queijo para mim sempre foi algo sagrado, do tipo a melhor comida do mundo, do tipo comer quase todos os dias, do tipo tira tudo da minha dieta mas não leva meu pão de queijo!!!8756502-australian-flag-on-the-classic-australian-meat-pie

A comparação chega até a ser um sacrilégio, mas o que você pode fazer quando para na loja de conveniência para pegar uma “lariquinha” e não existe pão de queijo? Você compra  uma “meat pie”.

 “Meat pie” literalmente é o que parece, uma torta de carne,  feita com carne-moída ou em  pedaços e com um molho tipo gravy. É bem gostosinha depois que você se acostuma com  a idéia de, em casos de emergência, comer carne as nove da manhã.

3. Você Acha Normal Comer Carne de Canguru

Em meio as bandeijinhas de carne bovína, frango, ou porco, depois de um tempo morando na Austrália você não se surpreende mais ao encontrar carne de canguru nos supermercados. A iguaria é encontrada nas mais diversas formas: bife de canguru, carne de canguru moída, almôndega de canguru e linguiça de canguru, as famosas “Kanga Bangas”. 

Kanga-Bangas-Product-Label_zpsee9b9f9aEu sei que para muitas pessoas é difícil assimilar a idéia de comer aquele bichinho tão fofinho e saltitante, mas a verdade é que comer carne de canguru na Austrália é normal, não que todo mundo coma todos os dias, mas também não é um hábito exótico.

Além de saborosa, a carne de canguru também é saudável e menos gordurosa do que a carne de vaca.

Combine com aquele seu amigo “Ozzy” de incluir no próximo churrasco, afinal você viajou para experimentar coisas novas não foi?

4. Você Faltou No Trabalho Por Que Está “Doente”

“Chuck a sickie” , afinal o dia está muito bonito para você ir trabalhar!

A famosa expressão “Chuck a Sickie” quer dizer faltar no trabalho quando você está tão “doente” que resolve passar o dia inteiro na praia com suas amigas, por exemplo. Para o povo australiano “Chuck a Sickie” não é um evento raro, é um estilo de vida. Todo mundo faz, eu faço, você faz, seus colegas de trabalho fazem, até a sua chefe faz e o melhor, sem peso na consciência e sem muito questionamento. É como um código de conduta secreto. Quanto mais “australiano” você vai ficando mais irá fazer com naturalidade e sem culpa.

Lembro-me que no começo achava muito estranho o meu namorado, que é australiano, faltar tanto no trabalho. Vivia falando: “Babe você vai perder seu emprego! Experimenta faltar muito no trabalho no Brasil para ver o que acontece! Tem uma fila esperando pra roubar o seu emprego!”. Mas ele nem se abalava sempre super relax, como um bom australiano, preguiçoso por natureza (ou sorte).

Por lei, se você é funcionário contratado em período integral (full-time job) você tem direito à 10 “sick days” por ano, ou seja, 10 dias de trabalho pago para quando realmente fica doente ou para simplesmente falar que está doente e ir a praia, ou ficar o dia inteiro de pijama ou estender uma viagem e por aí vai. Já ouvi inúmeras vezes da boca de amigos australianos: “Mas se você não usar os seus “sick days” eles expiram depois de um ano. Ou seja, a filosofia é meio a seguinte: “vou deixar uns dias separados para quando eu estiver realmente doente e os outros para dias difíceis de “preguiça crônica”, afinal é a lei e eu estou sendo pago para NÃO trabalhar”.

5. Você Toma Sua Cerveja Embrulhada Em Um Saco De Papel Marrom

Vira e mexe você vê um cara na rua tomando cerveja embrulhada em um saco de papel marrom e se pergunta, POR QUÊ?

Eu “paguei um mico” clássico logo que cheguei na Austrália.
Em uma das primeiras noites que sai com um grupo de meninas paramos em um loja de convêniencia para sacar dinheiro e quando estavámos saindo, a brasileira aqui: “Pera aí meninas eu vou só pegar uma cervejinha!”. Afinal se estamos saindo pra night e eu não estou dirigindo, não tem nada de errado em ir tomando um drink no esquenta, certo? Completamente errado!
Depois de ser encarada com um “Do que você está falando gringa doida?”(e por aqui a gringa sou eu, é claro) a minha cabeça rodava completamente confusa.

Alcoho free zone
Espaços públicos onde o consumo de bebidas alcoólicas é proibido!

Bom pra começar, na Austrália é proibido consumir bebida alcoólica na rua, assim como em muitos parques e praias (pode esquecer da Caipirinha a beira-mar!)

Segundo, você jamais encontrará bebida alcóolica a venda em uma loja de conveniência e nem mesmo no supermercado.

As leis que controlam a venda de álcool aqui são rigorosíssimas e podem variar dependendo do estado.

Você somente poderá comprar bebida em dois lugares: no “Bottle Shop” (loja especializada na venda de bebida alcoólica) ou em um pub onde vende bebida “take away” (pra levar).

A sigla “BYO” ou “Bring Your Own” , traduzindo: “Traga o Seu”, também é um costume da cultura australiana. Quando convidado para uma house party (festa na casa de alguém), 90% das vezes você encontrará esta sigla no convite da festa como indicativo para que você traga o que pretende beber.
Acho que eu como a maioria dos brasileiros aqui demoram um pouco para se acostumar com a idéia do BYO, porque ninguém traz uma caixa de cerveja, joga no gelo e é tudo nosso! Aqui se voce trouxe 6 cervejas da marca “X” , você beberá as suas 6 cervejas da marca “X” e se beber a uma cerveja da marca “Y” do seu colega é melhor pedir antes, para evitar constrangimento.

Alguns restaurantes também exibem a sigla BYO em sua entrada. Este geralmente é o caso de estabelecimentos comerciais menores que não pretendem pagar o preço exorbitande para obter a licença completa para vender bebidas alcoólicas. Estes ambientes permitem ao cliente trazer a sua própria bebida alcoólica e consumir no local.

Agora você está se perguntando o que tudo isso tem a ver com o saco de papel marrom ?
Quando você compra uma bebida no “Bottle Shop” o vendedor sempre a colocará a garrafa nesta embalagem de papel e aí acho que você já entendeu a moral da história: aqui no primeiro mundo as leis também são desrespeitadas! Mas fique ligado porque sua rebeldia aqui pode custar caro!Se você for pego bebendo nas áreas de “Alcohol-Free Zone”, na melhor das hipóteses você terá que jogar seu drink (que não custa barato) fora ou na pior das hipóteses levar uma multa.

Este conteúdo é de responsabilidade do autor da coluna Lado B e está sujeito a alterações sem aviso prévio. 

Veja também:

Atenção: Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas? e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.


Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos