Uma casa portuguesa: tem certeza?