Pontos turísticos da Argentina: o que visitar

O país com segundo maior território da América Latina, que atravessa diferentes climas (do tropical no norte ao subpolar no sul) e paisagens é também nosso vizinho e principal primeiro destino internacional dos brasileiros.

A capital Buenos Aires é sem dúvida a cidade mais visitada do país mas existem diversos outros cidades, lugares e passeios a se realizar. Meu objetivo aqui é listar alguns dos principais pontos turísticos da Argentina e abrir pra você o grande leque de possibilidades e roteiros que podem ser realizados.

Os principais pontos turísticos da Argentina

Pontos Turísticos da Argentina

Bariloche: Um dos mais famosos destinos de inverno da América do Sul, Bariloche oferece belas paisagens e passeios, e é sugerido que se passe ao menos 5 dias para se desfrutar bem das atrações da cidade. Na região é considerada quase “obrigatória” a visita a Cerro Catedral, voltado para esqui e snowboard; Piedras Blancas, indicado para esquibunda; e Cerro Otto que possui uma bela vista e uma confeitaria giratória. Cerro Campanário e sua bela paisagem bem como o Circuito Chico, que apresenta aos visitantes algumas paisagens ao longo do Lago Nahuel Huapi, na frente de Bariloche são outras das opções indispensáveis na cidade.

Buenos Aires: Capital e principal ponto turístico da Argentina, oferece inúmeras atrações turísticas (como La Bombonera, Puerto Madero, Feira de San Telmo), culturais e/ou históricos (Casa Rosada, Plaza del Mayo, diversos teatros e museus) e gastronômicas (com diversos tipos de restaurantes famosos, principalmente por conta da carne argentina). Apesar de iniciar em sua maioria após as 2h as baladas noturnas são bastante movimentadas e famosas opções de diversão na cidade.

Leia mais sobre a capital portenha no post O que fazer em Buenos Aires.

Caminho dos Sete Lagos: Este é o nome dado ao trecho da Ruta Nacional 40, que une as cidades de San Martin de Los Andes e Villa La Angostura. Os turistas encontram, numa extensão de 107 km, sete lagos de águas claras em meio as incríveis paisagens típicas dos Andes patagônicos, e ainda atravessa pelo caminho o Parque Nacional Lanin e o Nahuel Huapi. San Martin de Los Andes é a cidade mais próxima do Caminho, tambem conhecida pela proximidade com a estação de esqui de Chapelco.

Córdoba: Segunda maior cidade da Argentina mas que conserva clima e arquitetura interiorano que mal deixam notar essa grandiosidade. Suas principais atrações são o histórico Bairro Jesuíta, a Iglesia de los Capuchinos, Paseo do Bom Pastor, os museus e catedrais centrais, e ainda o Parque de las Tejas e Laguna Mar Chiquita.

Delta del Tigre: Localizado na cidade de Tigre, próxima a Buenos Aires, cruzada pelo Delta do famoso Rio Paraná, também conhecido como Delta do Tigre. A região possui diversas ilhotas e canais, ideais para passeios de barco e piqueniques em dias de sol.

El Calafete: Excelente estrutura hoteleira e gastronômica na província de Santa Cruz, El Calafete atrai visitantes por suas belas paisagens e por ser ponto de partida para alguns dos principais pontos turísticos da Patagônia: Glaciar Perito Moreno e El Chaltén, na Argentina e Torres del Paine, no Chile.

El Chaltén: Local de infraestrutura básica e simples que possui como principais atrações dois conjuntos montanhosos: os picos Fitzroy e Cerro Torre, belíssimos, cobertos de gelo e quase impossíveis de subir. As formações dos picos unidos a instabilidade climática do local fazem com que apenas escaladores extremamente experiente consigam subí-las. Há ainda trekings muito interessantes em sua base onde se pode observar abundante fauna.

Glaciar Perito Moreno: Declarada patrônimo da humanidade pela Unesco e localizado no Parque Nacional Los Glaciares, na Patagônia argentina, o Glaciar tem mais de 30 quilômetros quadrados. Lá os turistas podem curtir desde trilhas pela geleira a passeios de barco frente aos paredões de gelo (que volta e meio se desprendem). El Calafate é a cidade mais próxima para chegar a geleira.

Mar del Plata: Principal cidade litorânea do país, com lindas praias muito frequentadas durante o verão (sendo mais famosas as localizadas ao sul), baladas agitadas e diversas opções de restaurantes (sendo mais famosos os que servem frutos do mar).

Pontos Turísticos da Argentina

Mendoza: Localizada ao pé da cordilheira dos Andes, Mendoza é mundialmente conhecida por produzir os melhores vinhos do país, o que torna suas vinícolas fortes pontos turísticos da Argentina. A cidade é o maior centro vinícola da América do Sul, possui mais de 1200 adegas e oferece todo tipo de passeio ligado com a bebida, como excursões com degustação de diferentes tipos de vinhos. Além disso, o local também possui excelentes museus, ruínas, zoológico, aquário, serpentário, entre outras atrações.

Península de Valdés: Belíssima área com grande fauna, situada no encontro da Patagônia com o Atlântico. É possível observar baleias francas, elefantes marinhos, pinguins, lhamas, raposas e diversas outras espécies no local. A cidade mais próxima é Puerto Madryn, a 77 km do local.

Puerto Iguazú: A cidade faz fronteira tripla entre Argentina, Paraguai e Brasil e é sem dúvida dos mais visitados e famosos pontos turísticos da Argentina, possibilitando não apenas a visita as famosas Cataratas do Iguazú pelo lado argentino como agitada e famosa vida noturna.

Quebrada de Humahuaca: Um vale árido conhecido por seu passado inca, suas montanhas coloridas e vilarejos coloniais (como Purmamarca), situado na província de Jujuy, no norte da Argentina. Além de paisagens como a belíssima Colina das Sete Cores (assim chamada por conta das diferentes tonalidades de suas rochas) a Quebrada de Humahuaca possui também diferentes sítios arqueológicos, como a Pucara de Tilcara. Tilcara que, por sua vez, é a cidade mais próxima da região.

Rosário: Uma das maiores cidades portenhas que possui clima de cidade universitária, com arquitetura tradicional porém moderna e agitada. Na Plaza 25 de Mayo você pode visitar o centro cívico e logo ao lado o belíssimo Monumento da Bandeira que possui ainda uma torre de onde pode se ter uma vista panorâmica da cidade. Outras sugestões são o Observatório e Planetário de Rosário e o Parque da Independência. As principais atrações noturnas estão no Boulevard Oroño.

Salta: Uma região onde se encontram desertos áridos de terra vermelha com montanhas nevadas, rios e vales dos Andes, localizada na fronteira com Chile, Bolívia e Paraguai. A cidade possui forte herança colonial cultural que pode ser observada desde a arquitetura de ruas estreitas, casas tradicionais e monumentos a apresentações de danças e músicas folclóricas como zumba e chacarera ou ainda suas famosas empanadas locais.

Pontos Turísticos da Argentina

Ushuaia: “O fim do mundo”, Ushuaia é a última cidade ao sul do continente. Capital da província de Terra do Fogo, é de lá que partem cruzeiros e expedições para a Antártica, além de uma porta de entrada para o canal Beagle ou os glaciares da cordilheira Darwin. Totalmente cercada por paisagens magníficas compostas por bosques, montanhas, rios e lagos, Ushuaia possui a 30 km de seu centro um famoso centro de esqui, o complexo de Cerro Castor.

Valle de la Luna: “Vale da Lua” é o nome dado ao Parque de Ischigualasto onde se encontra todo tipo de formações geológicas, com torres de pedra, cânions, grandes penhascos e até um campo com pedras redondas que parecem ser polidas. Localizado próximo a cidade de San Juan, no norte da Argentina, o parque tem como destino mais próximo a vila de San Agustín del Valle Fertil.

Gastronomia argentina

Ainda que as tradicionalidades da cozinha argentina se altere ao longo de seu vasto território é quase unânime a fama de sua carne (especialmente de boi) e vinhos de variados tipos.
As carnes na Argentina são geralmente assadas e acompanhadas de batatas e embutidos em geral.
No centro do país a abóbora é protagonista de diversos pratos acompanhado da carne de perdizes, lebres e boi; na Patagônia é comum se alimentar de carne de guanaco e cordeiro.

No post O que fazer em Buenos Aires, listamos os 10 principais restaurantes recomendados pelo TripAdvisor na capital portenha.

 

Veja também:

Facebook   Nosso grupo   Twitter   LinkedIn Youtube

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30″]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/su_service]


Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com