A gente chega em Portugal achando que o idioma é exatamente o mesmo e nem imagina as situações engraçadas e saias justas que pode se meter. Em primeiro lugar, é importante deixar claro que ao chegar em Portugal ou começar uma conversa com um português você vai entendê-lo com alguma dificuldade de início, mas fica mais fácil após umas semanas de conversa e convívio. No entanto, isso não vai te livrar de todos os maus entendidos que podem ocorrer ao lidar com o português de Portugal. Assista ao vídeo abaixo para ter uma noção.

Dicionário de Português de Portugal

Para te ajudar com algum conhecimento prévio, listei aqui algumas das palavras e expressões em português de Portugal que mais deixam os brasileiros em situações hilárias. Primeiro você encontra a palavra no português brasileiro e depois como é conhecida em Portugal.

  • Academia – ginásio
  • Faixa de pedestre – passadeira
  • Menina – rapariga
  • Menino, criança – puto
  • Blusa de frio tipo moletom – camisola
  • Calcinha – diz-se cueca, tanto para roupa íntima masculina como feminina

  • Blusinha simples – top
  • Canudo – palhinha
  • Suco – sumo
  • Misto quente – tosta mista
  • Pão na chapa – torrada
  • Churros – podem ser farturas ou “porras”
  • Geladeira – frigorífico
  • Armário – pode ser armário mesmo, cacifo ou arrumos
  • Cabide – cruzeta
  • Banheiro – casa de banho
  • Vitrine – montra
  • Época de promoções – Saldos
  • Xerox – só dizem fotocópia por lá
  • Disciplina (matéria da faculdade) – Cadeira
  • Mensalidade – Propina
  • Lugar – sítio
  • Pregador de roupa – mola
  • Varal – estendal
  • Descarga – há quem diga autoclismo
  • Mouse de computador – rato
  • Arquivo – ficheiro
  • Tela – ecrã
  • Terno – fato (se quiserem dizer algo que aconteceu, eles dizem facto, com “c”)
  • Celular – telemóvel
  • Notebook – portátil
  • Ônibus – autocarro
  • Metrô – metro (diz-se “métro”)
  • Trem – comboio
  • Bobo – totó
  • Besta – nabo ou tono
  • Coisa chata – chunga
  • Legal – giro, porreiro
  • Caramba – caraças
  • Bonita(o) – giro, gira
  • De graça – de borla
  • Chopp (cerveja) – fino
  • Tchau – eles dizem tchau, mas às vezes se despedem com um “até amanhã”, mesmo que não tenham intenção de te ver no dia seguinte
  • Você vai mesmo (em algum lugar)? – sempre vais?
  • E aí (para começar uma conversa) – Então?
  • Pessoa oferecida – pessoa fresca
  • Pica – injeção, agulhada
  • Bumbum/bunda – rabo ou cú

Agora, atenção. Aí vão as expressões pra NÃO dizer, a menos que queira passar vergonha ou realmente queira dizer isso:

  • Fazer um bico – essa expressão tem a ver com fazer sexo oral
  • Broche – também tem conotação sexual
  • Durex – em Portugal é marca de preservativo. Se quer colar algo, peça fita cola na papelaria
  • Pila – se você é paulista e costuma dizer “pila” para falar de dinheiro (ex: “custa dez pilas”), saiba que em Portugal isso quer dizer pênis.

Se você sabe de outras palavras e expressões curiosas em português de Portugal deixe seu comentário logo abaixo! Lembre-se de se inscrever nos nossos canais no YouTube e curtir nossa fanpage no Facebook para mais curiosidades do mundo.

Veja também:

 

Facebook   Nosso grupo   Twitter   LinkedIn Youtube

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.

Sobre o Autor

Nataly Lima

Mestre em jornalismo natural de São Paulo, hoje tem a Europa como a sua base. É apaixonada por conhecer novas culturas, comer, viajar e contar histórias sobre esses e outros assuntos.

Artigos Relacionados