O Japão é um país que está na lista de desejos de muita gente. A cultura inspira, gera curiosidade e atrai muitos turistas. No entanto, também há cada vez mais interessados em desfrutar do sistema educacional japonês. E a boa notícia é que surgem cada vez mais oportunidades de bolsas para facilitar a vida de quem tem esse sonho.

O Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia da Terra do Sol Nascente conta com seis programas de bolsas de estudo especificamente destinados a brasileiros. As ofertas vão desde treinamento de professores a cursos de japonês. Atualmente, as inscrições estão abertas para graduações, cursos técnicos e profissionalizantes com duração de 3 a 7 anos.

Condições e mais informações

Quem pretende fazer graduação em uma universidade japonesa, tem bolsas à disposição para as mais diversas áreas. Para concorrer, entre outros requisitos, é preciso ter o Ensino Médio concluído até dezembro de 2017, entre 17 e 21 anos, fluência em inglês ou japonês e morar no Distrito Federal, Goiás ou Tocantins, área de jurisdição da Embaixada. Para os cursos técnicos e profissionalizantes, as exigências são praticamente as mesmas. As diferenças entre esses programas são as áreas e o tempo de cada um, enquanto os profissionalizantes duram 3 anos, as graduações podem levar até 7 anos para áreas como Odontologia, Veterinária, Medicina e Farmácia.

Em todos os casos, os selecionados terão aulas de japonês durante um ano para se familiarizarem com o idioma. A bolsa inclui ainda uma ajuda mensal de 117.000 ienes, aproximadamente R$ 3.500, isenção das taxas acadêmicas e passagem de ida e volta. É preciso ter um excelente desempenho acadêmico durante todo o curso para não perder o benefício.

As inscrições vão até o dia 30 de junho e podem ser feitas pessoalmente na Embaixada do Japão, em Brasília, ou enviando a documentação solicitada por correio. A lista completa dos documentos e outras questões sobre o processo, você encontra aqui para graduações, aqui para a escola técnica e aqui para cursos profissionalizantes.

Gostou deste artigo? Acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube

Veja também:

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.
Comentários do Facebook

Sobre o Autor

Redação

Equipe do Já Fez as Malas?

Artigos Relacionados