Uma das dúvidas mais comuns de quem está começando a planejar uma viagem internacional é se precisa de visto para Europa, quando se vai apenas para visitar. Abaixo é possível encontrar quais países possuem regras próprias as quais é necessário prestar atenção para evitar confusões.

Precisa de visto para a Europa em qual caso?

Se você vai apenas para visitar, não é preciso de visto para entrar na Europa se o país de destino fizer parte do Espaço Schengen.

O que é Espaço Schengen?

O Espaço Shengen visa remover o controle das fronteiras internas da UE. Para qualquer país integrante deste espaço os brasileiros têm livre circulação sem precisar de visto por até 90 dias, a cada seis meses. São pertencentes ao Espaço os seguintes países:

  • Áustria
  • Bélgica
  • República Checa
  • Dinamarca
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Países Baixos
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Suécia
  • Suíça

Países europeus que não fazem parte do Espaço Schengen

Apesar da grande facilidade, vale ressaltar que existem seis países da União Europeia que não fazem parte do Espaço Schengen e que podem possuir políticas de entrada diferentes dos demais. São estes:

  • Bulgária
  • Romênia
  • Chipre
  • Irlanda
  • Reino Unido
  • Croácia

No geral, brasileiros também podem entrar nesses países sem visto, no entanto, a circulação entre esses e outros países é mais limitada. Isso porque com o passaporte brasileiro temos direito a duas entradas no Espaço Schengen a cada seis meses. Por exemplo: você foi viajar do Brasil para a Espanha e depois quer ir para o Reino Unido. Ao entrar na Espanha você acaba de utilizar a primeira entrada permitida. Ao deixar a Espanha para o Reino Unido, deixa o Espaço Schengen. Caso você tenha que voltar a Espanha ou outro país que esteja no Espaço para pegar o voo de volta ao Brasil, acaba utilizando a segunda e última permitida no período de três meses.

Passagem, seguro-viagem e dinheiro

Apesar de não ser preciso visto para Europa, é necessário ter:

  • Passaporte com no mínimo 3 meses de validade após a data de volta ao Brasil;
  • Passagem de ida e volta ao Brasil;
  • Seguro-viagem que cubra todos os destinos que irá visitar, com cobertura mínima no valor de 30 000€;
  • Comprovante de reserva em hotéis ou carta-convite de cidadão europeu ou residente legal na Europa e
  • Recursos financeiros suficientes para todos os dias de viagem, que pode ser em dinheiro, cartões, etc. (cada país tem sua política sobre o mínimo necessário. Consulte no site da Embaixada ou Consulado do país de destino no Brasil).

Outros países que não fazem parte da Schengen Area ou União Europeia

Se o país que pretende visitar ainda não foi citado deve checar caso a caso.

É possível saber mais sobre o assunto na página oficial de imigração da União Europeia.

Para saber mais sobre morar fora do Brasil para estudar ou trabalhar confira os demais posts do Já Fez as Malas e os videos no YouTube.

Veja também:

Facebook      Nosso grupo      Twitter    Youtube

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.
Comentários do Facebook

Sobre o Autor

Nataly Lima

Natural de São Paulo. Mestre em jornalismo. Tem coisas espalhadas entre Portugal, Croácia e Brasil. Viaja para esses e outros cantos com o Já Fez as Malas.