Há quem faça tours gratuitos, nos quais marca-se um ponto de encontro e paga-se o que achar adequado no final. Mas há também quem prefira algo mais sob medida, incluindo apenas o que tem interesse em ver ou pelo menos aquilo que é considerado a nata de um destino. Este é o caso serviço prestado pela Porto Prime, recomendado também por outras empresas focadas em um público mais seletivo, como o hotel The Yeatman.

É Susana Reis quem os realiza e me espera em frente ao Palácio da Bolsa logo pela manhã, para apresentar uma sugestão de roteiro de walking tour que costuma oferecer. Ao longo deste trajeto de meio dia ela comenta que há quem peça para incluir lojas, visitas a outros pontos de interesse e quem sem problemas. É tudo a gosto do freguês!

Nós seguimos a pé, mas para quem prefere há também a possibilidade de realizar a excursão com um veículo de luxo. Com formação em Relações Internacionais e Gestão do Patrimônio Cultural, Susana junta a sua vivência e conhecimento sobre a cidade do Porto e, de forma muito simpática, começa nosso passeio pela Igreja de São Francisco. É ela quem trata dos ingressos, já inclusos nos tours que organiza.

Este se trata de um dos monumentos mais impressionantes da cidade, uma igreja que praticamente reluz ouro! Ela começa contando a história do local, chama a atenção para os detalhes dos materiais utilizados, para a época da construção, comenta dos detalhes dos altares e dos principais pontos. Apesar de sempre contextualizar, Susana leva tudo de forma leve, nada maçante.

De lá seguimos por um breve passeio pela ribeira do Porto. Ela relembra como esta zona era quando o turismo ainda não dominava, mas sim se tratava de ser o endereço de muitos comerciantes que chegavam nos barcos e por ali mesmo se alojavam. Desta margem observamos Gaia e as caves de vinho, passamos em frente a Ponte Dom Luís I, mas é em direção ao Funicular dos Guindais que vamos. O bilhete também já incluso na excursão e assim conseguimos chegar na região da Batalha de uma forma muito rápida.

Como o roteiro não é fixo, ela comenta de uma igreja que está aberta dia sim, dia não – hoje é um dos dias em que encontramos a porta aberta. Entramos e fazemos uma visita brevemente, então seguimos até a Sé do Porto, na qual o assunto vai desde o contexto histórico da igreja até às curiosidades do que se vê por ali.

Da Sé descemos a rua em direção à estação de São Bento, onde Susana conta um pouco da história retratada pelos azulejos e também do prédio em si. Com a mesma leveza de todo o tour, passamos pela movimentada Rua das Flores, quando ela comenta que é ali que costuma fazer uma pausa em um café para apresentar aos visitantes o famoso pastel de nata – e degustar, é claro!

De barriga cheia, o passeio de quem escolhe a Porto Prime segue pela avenida dos Aliados, onde ali são apresentadas mais algumas curiosidades avistadas no local, terminando em direção à Livraria Lello e à zona dos bares da Galeria de Paris.

O que achamos

Susana é uma companhia agradável e fala com muita paixão da cidade e do que já viu ao longo da vida por ali. Mesmo quem faz o tour sozinho, não se sente desconfortável, pois durante todo o percurso temos a sensação de que estamos não com alguém que está apenas a prestar um serviço, mas sim com uma amiga que vive no local.

O tour de meio dia engloba realmente a essência da cidade do Porto, não deixando de lado o contexto histórico e as curiosidades, que acabam por ditar um bom ritmo ao passeio.

Porto Prime

Dias: flexível
Horários: flexível
Duração: depende do trajeto desejado
Preço: a partir de 50€
Indicação: pessoas com preferência para passeios exclusivos e privados e para quem quer explorar o melhor da cidade em questão de algumas horas
Reservas: +351 936164250 / [email protected]
Site: http://www.oportoprime.com/pt/

Acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube

Veja também: 

Atenção: Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas? e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria

Sobre o Autor

Nataly Lima

Natural de São Paulo, hoje tem a Europa como a sua base. É editora-chefe do "Já Fez as Malas?" e apaixonada por conhecer novas culturas, comer, viajar e contar histórias sobre esses e outros assuntos.

Artigos Relacionados