Com a manhã livre em Essaouira, há tempo para uma café mais demorado, mais compras e almoço sob o sol que aparece entre nuvens. Partimos apenas às 15h.

De ônibus público, seguimos viagem ao ponto de início e também final do tour: Marrakech. Desta vez são cerca de 2h30 de percurso.

Chegamos em Marrakech por volta das 17h30. Às 18h pisamos no Hotel Le Caspien, última acomodação e também onde será o último jantar do grupo.

Transfers para o aeroporto organizados. Sobra algum tempo para um rápido banho e começar a ajeitar as malas para voltar para casa.

Quarto do último hotel da viagem, em Marrakech. Foto: Nataly Lima

No último jantar em grupo há aqui qualquer espírito natalino e de fim de viagem. Uma sensação de dever cumprido para o guia e para todos nós, participantes do tour.

Apesar de todos terem compartilhado muitas horas e até detalhes da vida pessoal durante a viagem, há quem opte por um formal aperto de mão na hora do adeus. Há quem tenha qualquer brasilidade no sangue e arrisque um abraço mesmo.

Quem tem voo mais cedo acaba por deixar a mesa primeiro. Quem tem voos mais longos no dia seguinte também.

A seguir, alguns se juntam para explorar a noite de Marrakech, mas as opções não são muitas: é domingo a noite. Encontramos um bar com música ao vivo e, sem dúvida, as bebidas mais caras da viagem.

Andando de um lado para o outro, os viajantes derradeiros desistem aos poucos de encontrar outro local. O jeito é voltar para o hotel, ter aquele último momento para jogar conversa fora, fazer planos de viagens futuras com o mesmo grupo e logo se percebe que já passam das 2:00 da manhã.

Grupo se despede na última noite em Marrakech. Foto: Nataly Lima

 

Todos têm que ir embora. Algumas amizades ficam por aqui, talvez outras continuem.

E assim acaba a aventura marroquina.

É hora de voltar para a casa.

Leia aqui todos os artigos desta série sobre o Marrocos:

Gostou deste artigo? Acompanhe mais dicas também no  Facebook e  YouTube

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30″]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/su_service]

Sobre o Autor

Nataly Lima

Natural de São Paulo, hoje tem a Europa como a sua base. É editora-chefe do "Já Fez as Malas?" e apaixonada por conhecer novas culturas, comer, viajar e contar histórias sobre esses e outros assuntos.

Artigos Relacionados