Olá, como tem estado?

Aqui no Porto os dias estão cada vez mais quentes, ensolarados e coloridos de flores por todos os lados!

Eu vi essa semana um post do facebook aqui do Já Fez as Malas que dizia: “O Palácio da Pena é considerado o primeiro da Europa com traços da arquitetura romântica”. Foi eleito há pouco tempo uma das 7 maravilhas de Portugal. Alguém duvida que realmente seja?
E a minha resposta é: não, ninguém! rs

Ao ler isso eu não tive dúvidas que seria uma linda oportunidade para falar pra vocês de como foi legal conhecer esse lugar TÃO incrível!

Eu não vou me estender em parâmetros históricos para não me prolongar muito, mas no século XII era uma capela dedicada a Nossa Senhora da Pena, ou Penha em alusão aos grandes penedos existentes no topo da serra, em 1503 foi dado início às construções do Real Mosteiro de Nossa Senhora da Pena, fundado por D. Manuel I e entregue à ordem dos Jerónimos.

Em 1834, com a extinção das ordens religiosas o mosteiro acaba por ser abandonado. Em 1838, D. Fernando II (casado então com D. Maria II) adquire em hasta pública o mosteiro e a respectiva cerca, e em 1843 começa a ser construído o “Palácio Novo” e daí em diante o palácio começa a tomar a forma que conhecemos hoje.

Após a morte de D. Maria II, D. Fernando se apaixona e se casa com a cantora de ópera Elise Hensler que então se torna Condessa e permanece com ela até o fim da vida em 1885. Em 1890 após processo judicial, a Condessa acorda a venda do Palácio e Parque da Pena ao Estado, ficando com o usufruto vitalício do Chalet e Jardim (de que prescinde em 1904). Com a implantação da República, a família real parte para o exílio, sendo D. Manuel II o último rei a habitar a Pena.

A primeira coisa que eu tenho pra te contar é que eu, na minha santa ignorância, sempre achei que todos castelos eram como os das princesas da Disney, majestosos e completamente lindos. E sim, é verdade, mas castelos num geral são mais simples, formado por muralhas e torres em pedra, e que na verdade o que são (no geral) mais bonitos como vemos nos desenhos são os palácios e hoje. Depois de quase um ano aqui em Portugal eu já conheci alguns e devo dizer: o Palácio da Pena é um dos lugares mais lindos para se visitar no país!

Primeiro que Sintra por si só já é um charme de cidade, com suas ruas estreitas e a vista incrível que se tem de todos os cantos. Embaixo você consegue ver o Palácio da Pena e o Castelo dos Mouros e lá de cima (e é bem alto) se vê toda a cidade e suas vizinhas, é lindo!

Falando especificamente do Palácio da Pena, o palácio em si ele é envolto por um grande parque/jardim/floresta onde se pode ver mais quinhentas espécies arbóreas originárias de todos os cantos do mundo. Para os mais corajosos é possível chegar até o castelo por meio à todas essa diversidade natural mas já aviso: é uma subida considerável rs. Quem preferir tem um pequeno ônibus (que já está incluso no ticket) que faz esse trajeto a todo momento.

Eu aconselho que, por mais quente que esteja o dia (visitei o palácio no pico do verão), você leve uma camisa de manga comprida ou um cardigan pois o vento lá é bem gelado. E fui de vestido e quase comprei um casaco na lojinha deles, mas eu sobrevivi.

A beleza desse lugar é algo difícil de ser mensurado em palavras, se você assim como eu, cresceu gostando de histórias de princesas ele é tudo que você sempre fantasiou! Colorido, enorme e cheio de detalhes é uma parada indispensável à quem for para Sintra.

Quando visitei o palácio o meu canal ainda estava bem no começo e eu ainda não sabia muito bem como apresentar os lugares, então o meu vídeo que fiz lá acabou sendo só um compilado de imagens, caso você fique curioso confira aqui:

Na época que fui (agosto de 2016) paguei 20 euros pelo ticket que dá acesso ao palácio e todo seu jardim (você pode conferir todas as informação aqui) e ao castelo dos Mouros, eu particularmente fiquei tão encantada que passei absurdas 6 horas só no Palácio, claro que o fato de estar gravando pode ter tornado o trajeto todo um pouco mais lento mas eu realmente fiquei maravilhada com cada cantinho desse lugar e acredito que mesmo que eu vá de novo pelo menos umas 2 horas eu ficarei lá, facilmente.

Como eu fui de carro não consigo dar muitas informações sobre o trajeto até lá, sei que dá para subir de tuk tuk e com autocarros (ônibus) turísticos, mas não sei dizer os valores. Para que vai de carro é bom chegar cedo, são poucas vagas na rua e pode ser bem complicado achar uma vaga. O Palácio abre diariamente (exceto 25 de dezembro e 1 de janeiro) das 9:30h às 19:30h; último bilhete vendido às 18:30h.

Pra mim ir a Sintra é parada obrigatória a quem vem para Portugal e principalmente quem visita a região de Lisboa. A cidade é pequena e linda e o Palácio da Pena é apenas a cereja do bolo. Aconselho também a conhecer o Castelo dos Mouro (uma muralha enorme e você pode caminhar por ela) e a Quinta da Regaleira (essa eu ainda não conheço, mas conhecerei em breve e conto tudo pra você numa próxima)!

Volto a visitar Sintra em julho e com certeza farei um vídeo mais interativo. Tem alguma dica? Deixa aqui nos comentários pra mim 😀 Até o próximo post 🙂

Este conteúdo é de total responsabilidade do autor da coluna Isis Zimmerman.

Veja também:

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png”]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/su_service]

Sobre o Autor

Isis Zimmerman

Isis Zimmerman, fotógrafa, brasileira, casada, mãe do peludinho mais lindo do mundo chamado Fred e começando a fase mais intensa que já viveu! Ela compartilha sua vida no canal Isis Zimmerman, no Youtube, e também aqui no Já Fez as Malas.

Artigos Relacionados