Se você chegou a esse post, é porque na certa já passou pela sua cabeça sair do Brasil. Digo mais, em direção a Portugal. Certo? Pois bem, já faz mais de um ano que estamos mapeando o mundo para ajudar os brasileiros que querem morar fora do Brasil e Portugal é sem dúvida o destino mais procurado no Já Fez as Malas.

Mas também, dá para entender alguns dos principais motivos.

1- Portugal é um país para quem busca tranquilidade

Quanto menor for a cidade, mais calmaria você vai encontrar em Portugal. Mesmo nas grandes cidades, como Lisboa e Porto, é possível desfrutar de um ritmo de vida muito mais tranquilo que muitos locais no Brasil.

Aposentados em Portugal

Ideal para quem tem seu negócio próprio ou trabalha por conta própria e não depende das oportunidades que mercado oferece ou para quem já está aposentado (é possível receber a aposentadoria do INSS mesmo estando em Portugal).

2- Segurança

Muitos brasileiros buscam desesperadamente sair do Brasil por motivos de segurança. Esse também foi um dos motivos que me impulsionaram a voltar para Portugal. Sair sozinha e andar à noite sem ter medo é das melhores sensações que pude vivenciar no local.

Fica a ressalva que não existe lugar 100% seguro e que por vezes ouve-se histórias de roubos e casos de violência, essencialmente com estudantes e homosexuais. Por isso, todo cuidado é pouco aqui também.

3- Custo de vida

Apesar de ter subido nos últimos anos, o custo de vida em Portugal ainda é dos mais baixos para quem quer morar na Europa ocidental. O salário mínimo está em 530€, mas um bom salário médio gira em torno dos 800€ e 1.000€ líquidos.

4- Paisagens lindíssimas

viver-em-portugal

Costa Alentejana, Algarve, Porto, Lisboa, Cascais, Sintra, Serra da Estrela, Guimarães. Apenas procure por esses lugares e saberá que o que não falta são paisagens de tirar o fôlego.

5- A comida é ótima (os vinhos também)

Francesinha no Buffet de Fase

Não é só de pastel de Belém (ou de nata) e bacalhau que vive Portugal. Sardinhas, Francesinhas, Tapas, Alheiras, Amêijoas, Queijo da Serra, Caldo Verde, Bolo do Caco, Arroz de Pato e muitos outros quitutes portugueses, além de inúmeros doces que compõem a pastelaria típica de Portugal, sempre regada a muito ovo.

Particularmente não sou fã de pratos muito gordurosos e pesados, como tripas à moda do Porto, morcela (uma linguiça de sangue) e coisas do tipo, mas Portugal também tem dessas opções. Além dos pratos mais tradicionais já é possível encontrar muitas outras opções internacionais, como comida japonesa, mexicana, italiana, é claro, e outras.

tipos-de-vinho-do-porto

Sobre os vinhos, nem é preciso muitos comentários. Do Porto ao Alentejo, difícil escolher qual é melhor. E tudo por preços extremante baixos (a partir dos 3€ já se encontra muita coisa boa).

6- Espaços para convívio

Faça frio ou calor, você irá encontrar seus amigos nas esplanadas, que são espaços que ficam no exterior dos estabelecimentos, em cafés, bares e praças. O povo português gosta de colocar a prosa em dia, por isso, a pausa para o café pode durar horas e acontecer diversas vezes ao longo do dia.

É como: “vamos tomar alguma coisa” do brasileiro. Mas eles dizem “vamos tomar um café”.

7- Amigos

Por experiência, é difícil ficar amigo de verdade de um português. Se trata de um povo muito fechado e que mantém as mesmas amizades por anos (como acontece em cidades pequenas). No entanto, uma vez que se consegue fazer parte da rotina de um português poderá também achar amigos para a vida toda.

Gostou desse post? Compartilhe e acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube.

Como nem tudo são rosas, vale a pena conferir também o lado não tão bom de morar em Portugal

Atenção Atenção
Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.
Comentários do Facebook

Sobre o Autor

Nataly Lima

Natural de São Paulo. Mestre em jornalismo. Tem coisas espalhadas entre Portugal, Croácia e Brasil. Viaja para esses e outros cantos com o Já Fez as Malas.