Os 10 melhores destinos para aproveitar o verão europeu

Aos viajantes de plantão, o verão europeu costuma ser uma faca de dois gumes, já que ao mesmo tempo em que reúne festivais, festas e o comércio volta a abrir, este é um período onde os preços sobem e uma legião de turistas ofusca a beleza de cenários paradisíacos.

Mas para todos esse problemas, temos soluções, já que eles podem ser facilmente sanados selecionando destinos mais compatíveis com a sua personalidade, orçamento e disposição para dividir espaço com muitas outras pessoas.

O melhor do verão europeu em 10 destinos

Para viajar durante o verão europeu é preciso, assim como para todas as outras estações, planejamento. A seguir, listamos alguns dos melhores destinos para curtir a alta temporada, oferecendo alternativas para quem quer cair de cabeça na folia, torrar uns euros na ostentação, mas também para os que vão com a família ou procuram apenas por sossego e boas fotos.

1. Capri, Itália

Capri, Itália

Logo ao lado da Costa Amalfitana – outro destino incrível – a ilha de Capri é perfeita tanto para quem quer agitação quanto para casais em clima de lua de mel. Cercada por glamour e cenários paradisíacos, compras, drinques típicos de limoncello e uma vista deslumbrante do Mar Tirreno sobre os inúmeros penhascos da ilhas completam a perfeição de Capri.

É possível chegar à ilha com menos de uma hora de ferry partindo de Nápoles ou Sorrento. Por lá, é possível ver que alguns turistas hospedam-se nas próprias casas ou iates apinhados ao porto de Marina Grande. Mas quanto aos passeios, isso é unanimidade: mergulhos na Grotta Azurra, compras na Via Camerelle e jantares no L’Olivo.

2. Lagoa, Portugal

Lagoa, Portugal

Você possivelmente já deve ter se deparado com a imagem acima, afinal, é difícil falar em verão europeu sem sequer citar a região do Algarve. O sul do país, ainda que sejam exaltadas as suas caraterísticas marítimas e naturais, não é só isso que a região reserva.

Entre as regiões de Lagoa e Carvoeiro as atividades durante o verão são inúmeras, incluindo festivais como o Lagoa Jazz Festival, que tem início em 24 de Junho, a festa da Guitarra Portuguesa e a noite do Black and White, que dá início às festas do Carvoeiro.

Além disso, dá-se início feiras culturais, gastronômicas e claro, muitas atividades ao ar livre como mergulho e snorkel em belíssimas praias, como a de Benagil, e corridas pelo calçadão de Carvoeiro até a Praia da Boneca.

3. Mykonos, Grécia

Mykonos, Grécia

Você pode até ter pouco ouvido falar sobre Mykonos, mas este é certamente um dos destinos mais clássicos do verão europeu. Com fama de festeira, a cidade faz sim jus à ela, mas também acolhe com louvor os turistas que vão com a família ou que estão apenas em busca de sol, belezas naturais e uma excelente infraestrutura.

Portanto, se ficou interessado por ela, Mykonos é segmentada por níveis de badalação, começando por festas infindáveis das praias de Paradise e Super Paradise; e os níveis agitados, mas num nível apenas mais animado como em Pasarou e seu beach club Nammos, que inclui restaurantes, festas, lojas e muito mais.

Agora, se você não quer festa de lado algum, tem a quase deserta Agios Sostis esperando por você, também com restaurantes e infraestrutura adequada.

Como características, as praias carregam águas cristalinas, areias douradas, charme e muita democracia. Portanto, antes de definir o seu destino final, fique atento também para não ter surpresas pelo caminho, já que algumas muitas das praias por lá também são nudistas.

4. Hvar, Croácia

Hvar, Croácia

Prepare-se para um hype, pois Hvar é a nova queridinha dos europeus, sendo comparada às vezes a uma Ibiza um pouco mais contida. Repleta por paisagens naturais e a coloração estonteante do mar Adriático, não é difícil se apaixonar.

Na alta temporada a cidade se enche de jovens e o clima de festa começa desde o pôr do sol, se estendendo madrugada afora. Dentre os beach clubs mais populares, o Hula Hula certamente merece a sua visita e disposição para acompanhar tanta música, danças e drinques.

5. Ayia Napa, Chipre

Ayia Napa, Chipre

Chipre? Onde fica isso? Situado em uma pequena ilha cercada pela Turquia, Líbano e Síria, o Chipre vem como uma surpresa boa dentre tantos destinos populares e em breve deve virar tendência entre brasileiros e europeus.

Conhecido também como ilha de Afrodite, o país tem clima agradável praticamente o ano todo, sendo agraciado por belíssimas praias, como é o caso de Ayia Napa. Por lá, há uma enorme concentração de jovens, todos em festa entre bares, casas noturnas e praias – um prato cheio para quem adora esse combo diversão.

Mas se badalação não é o seu forte, também é possível conhecer castelos, sítios arqueológicos e montanhas belíssimas, servindo perfeitamente todos os tipos de viajantes.

6. Minorca, Espanha

Minorca, Espanha

(Foto: Divulgação Can Faustino)

Saindo um pouco do circuito badalação, Minorca é mais direcionada para famílias, casais ou mesmo grupos de amigos em busca de tranquilidade. Por lá, é possível usufruir de passeios de barco pelas baias de Turqueta e Macaraletta sem ter de dividir espaço com multidões de turistas, além de poder fazer uma refeição calma e silenciosa pelos restaurantes ao centro de Ciutadella.

Nada de música eletrônica, filas e bebedeira, a irmã menor de Maiorca e Ibiza oferece sossego, passeios incríveis, além de um palacete do século 16 reinaugurado há pouco, trazendo a possibilidade de se hospedar no Can Faustino.

7. Santorini, Grécia

Santorini, Grécia

Considerada a mais bonitas das ilhas gregas, Santorini encanta especialmente pelo pôr do sol que proporciona. Não à toa, toda essa beleza tem um preço, e para muitos o mais caro de toda a Grécia.

O lugar é belíssimo, e também por sua posição estratégica, muitos turistas de cruzeiro aportam por lá, enchendo as ruelas estreitas da ilha de olhares curiosos. Portanto, existem truques para quem preza por sossego, e ele está na baía de Amoudi, um pequeno porto de água cristalina onde pode-se deliciar com peixes frescos serviços em tavernas. Como chegar lá? 250 degraus abaixo de Oia.

Lembre-se de não ir embora enquanto não passear pela Santorini’s Red Beach, uma praia coberta por fragmentos vulcânicos, responsáveis pelo seu aspecto avermelhado. Mas cuidado, por no ápice do verão a sensação por lá é de um verdadeiro crematório.

8. Saint Tropez, França

Saint Tropez, França

(Foto: Divulgação Nikki Beach)

Começando aqui a tríade de ostentação do verão europeu, Saint Tropez é destino obrigatório para quem tem o perfil da badalação e não se incomoda com festas e multidões. Welcome to Saint Tropez… uma música que vai tocar a cada esquina dessa cidade.

De custo mais elevado que o comum para os padrões da estação, o destino é mesmo indicado para quem quer ter o gostinho do glamour e das festas inesquecíveis regadas a champanhe. Mas se eu seu desejo é tranquilidade e curtir algumas praias pacificamente, como a do Pampellone, esse pode não ser o destino mais indicado.

Dentre os melhores beach clubs de Saint Tropez, o Nikki Beach faz as vezes também de um dos melhores do mundo. Já durante a noite, o Vip Room é balada certa para gastar muitos euros mas sair de lá com experiências únicas!

9. Cannes, França

Cannes, França

(Foto: Daniel Falciola | Flickr)

Provavelmente você só deve ter ouvido falar de Cannes no contexto cinema, certo? Mas é importante saber que o glamoroso destino da riviera francesa é também conhecido por estonteantes praias douradas e um glamour condizente com a premiação que leva seu nome.

Por lá, a programação vai bastante além do mar e das belezas naturais, já que você vai poder desfilar pelo tapete vermelho no Palácio de Festivais ou tirar uma foto em frente ao InterContinental Carlton Cannes, hotel onde as celebridades ficam hospedadas.

Depois, para cair nas compras, em Cannes estão presentes todas as maiores grifes do mundo, mas na rua paralela à Croisette, estão as lojinhas mais em conta. Esbalde-se! Em seguida, brasseries francesas darão conta da sua fome, servindo o clássico da culinária local. Mas é bom frisar que este também está entre um dos destinos mais caros do país, junto de outras cidades da Côte d’Azur

10. Ibiza, Espanha

Ibiza, Espanha

(Foto: Divulgação Ushuaia)

Depois de alguns anos fora dos holofotes, a Ilha do Diabo voltou a ser um dos melhores destinos para curtir de verão europeu em alto estilo. A cidade simplesmente não para, e é possível encontrar gente nas ruas 24 horas por dia, o que no verão se transforma em uma legião de jovens e nem tão jovens assim, com muita energia, vontade de gastar dinheiro e se divertir.

Por lá, é comum ver os turistas emendando festas, que começam com um pacato sunset, caem nas baladas e finalizam com um after até altas horas da manhã. Entre as melhores baladas de Ibiza e também do mundo está Ushuaia, mas nada o impede de explorar melhor as oportunidades de diversão por ali.

Ibiza é frenética sim, mas também muito diversificada. Afinal, ao mesmo tempo em que ficou conhecida pelas festas e ostentação, é um ótimo destino para família e crianças, inclusive. Por lá, as praias de Cala Comta, a badalada Playa d’en Bossa e a região de San Antoni são ótimos lugares para apreciar a natureza, curtir o pôr do sol e comer em ótimos restaurantes.

Gostou deste artigo? Acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube

Veja também:

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30″]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/su_service]


Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Seguro Viagem