Fazer mestrado em Portugal vale a pena?

Eu não poderia deixar de fazer esse post sobre fazer mestrado em Portugal, uma vez que o número de perguntas relacionadas a esse assunto enchem a minha caixa de e-mails e eu acabei de concluir o meu curso de dois anos que dei início em setembro de 2013.

Como é fazer mestrado em Portugal?

Se você quer saber sobre o processo de candidatura de um mestrado em Portugal, quais documentos precisa, veja esse post que já detalhei isso tudo e também no sobre validar diploma. Já agora, a primeira observação que coloco sobre fazer mestrado em Portugal é que, como todo curso de mestrado, seja ele profissional ou não, exige uma grande dedicação relacionada ao campo acadêmico e teórico. Isso significa que, num determinado momento, mesmo quem tem a opção de fazer um estágio precisará passar para a  fase da produção da tese ou o relatório de estágio, ambos com muito embasamento teórico, sabendo levantar hipóteses e buscar uma metodologia para averiguar se elas se confirmam ou não.

Fazer mestrado em Portugal vale a pena

Essa pergunta é muito subjetiva, mas não posso deixar de responder. O mestrado é muito diferente da graduação, principalmente da graduação no Brasil, de modo geral. Enquanto na licenciatura e bacharelado no Brasil nós temos uma série de aulas práticas e lidamos com conceitos básicos, no mestrado em Portugal você acaba por rever muito do que se vê nos primeiros anos da faculdade, com a intenção de já te preparar para no fim do curso produzir uma peça escrita que visa a reflexão sobre determinado assunto (a tese ou relatório de estágio, como disse). Se você busca mais conhecimento prático, uma especialização focada no mercado profissional, talvez o mestrado não seja bem o que você procura e sim uma pós-graduação.

Veja como fazer pós-graduação em Portugal

Os cursos de mestrado em Portugal, assim como em todos os países da Europa que fazem parte do Tratado de Bolonha, são uma continuação dos três anos de licenciatura que os estudantes europeus têm, por isso, o conteúdo de um mestrado em Portugal pode ser um pouco básico para quem já tem mais anos de estudo (como nós, brasileiros, que só de graduação temos entre quatro e cinco) e até mesmo mais experiência profissional. Enquanto no Brasil costuma-se fazer uma pausa entre a graduação, pós e mestrado, em Portugal você irá estudar com uma maioria de alunos com cerca de 21, 22 anos, no geral, com pouca ou nenhuma experiência profissional. Por isso, se a sua intenção é também aumentar a sua rede de bons contatos na área pode ser que leve alguns anos para ter bons frutos no país.

Quanto custa fazer mestrado em Portugal?

Em compensação, um mestrado costuma sair mais barato que qualquer outro curso superior em Portugal. A média de custos varia de faculdade para faculdade e também de curso para curso, mas dá para se ter uma ideia com essa tabela com as propinas de cada uma. É importante frisar que desde 2014 existe uma nova regulamentação sobre os preços para estudantes estrangeiros em Portugal (qualquer um que não seja português ou não tenha a cidadania), o que encareceu muito essa conta (os valores estão atualizados para 2015/2016, lembrando que o ano letivo começou em setembro).

Pra quem quer seguir carreira acadêmica

O curso de mestrado em Portugal é altamente recomendado para quem quer seguir carreira acadêmica. Ali você terá uma base e será introduzido ao mundo acadêmico europeu, com seus padrões, exigências e necessidades. Em particular, as áreas que envolvem tecnologia e ciência são muito valorizadas e reconhecidas em Portugal. Para se ter uma ideia, o país fica em 10º lugar no ranking da Business Insider sobre os países mais inteligentes quando o assunto é ciência. Se o seu foco não é inicialmente focar no meio acadêmico, lembre-se que o diploma de mestre sempre será uma mais valia no Brasil e é essencial na Europa, para que se consiga competir com o nível de formação da maioria dos que chegam ao mercado de trabalho europeu atualmente.

Gostou desse post? Compartilhe e acompanhe mais dicas também no Facebook e YouTube.

Qual é o custo de vida em Portugal em 2016

[su_service title=”Atenção” icon=”https://www.jafezasmalas.com/wp-content/uploads/2015/06/jfam-simbolo.png” size=”30"]Este conteúdo é de exclusividade do Já Fez as Malas e não pode ser reproduzido parcial ou integralmente sem autorização prévia. Caso queira referenciar o conteúdo abordado neste artigo, pode-se utilizar um link para a matéria.[/[/su_service]h6>

Chip com internet nos EUA

Envie e receba dinheiro no exterior

Melhores Hotéis e Hostels

Booking.com

Voos Baratos